Header Ads

Beleza, Natureza e Proposito de [Dar] Ofertar

Beleza, Natureza e Proposito de Ofertar
Texto: II Coríntios 8:9
Introdução: Na semana passada, falamos sobre o tema: Deus ou Mamom. Vamos olhar para muitos aspectos deste assunto nas próximas semanas. Hoje à noite vamos considerar o ato de "dar". Vamos olhar para a beleza, natureza e a finalidade ou proposito do dar.
Se você quer entender os princípios bíblicos relativos a doação, o melhor lugar para se olhar é em 2 Coríntios, capítulos oito e nove. Esta noite eu quero que nos concentremos em um verso em particular encontrado no meio dessa passagem sobre o ofertar. Ler: 2 Coríntios 8:9.

I. A beleza do dar.

A. "Pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo..."
1. Paulo escreve assumindo que isso é verdade.
2. Ele declara a esses crentes que eles "conhecem a graça de nosso Senhor Jesus Cristo".
3. Note, ele não está falando de conhecer a Cristo, mas sim conhecer a "graça" de Jesus Cristo.
B. O que é essa "graça"?
1. Nós tendemos a pensar em "graça" em termos teológicos.
2. Pensamos em Efésios 2: 8, onde nós somos "salvos pela graça".
3. Mas a palavra "graça" significa beleza e atratividade.
4. A palavra assumiu um novo significado quando os escritores do Novo Testamento usaram para descrever a obra de Deus que foi bela e gloriosa.
5. Finalmente, a graça teve sua manifestação gloriosa em Jesus Cristo e Sua obra na cruz.
C. É a beleza do dom do auto sacrifício de Cristo no Calvário.
1. Todos nós queremos ser conhecidos como generosos.
a. Ninguém quer ser chamado de mesquinho ou avarento.
b. Ninguém quer ser conhecido como um "mão de vaca", quando se trata de dar.
c. Pelo menos queremos ser conhecidos como generosos; se somos ou não.
2. Um dos primeiros problemas na igreja primitiva era relativo a doação.
a. Ananias e Safira queria a reputação de ser doadores generosos...
b. Sem realmente dar generosamente!
c. Deus Espírito Santo os matou, porque eles estavam tentando imitar a beleza do dar.
3. Contraste isso com o Senhor Jesus Cristo.
a. A qualidade que o torna mais amável para nós é a Sua disposição de dar a si mesmo.
b. O fato de que Ele não se conteve ou agiu de maneira egoísta, mas voluntariamente deu a Sua vida por nós
c. Paulo escreve: "Você conhece a graça de nosso Senhor Jesus Cristo..."

II. A natureza do dar.

A. "sendo rico, por amor de vós se fez pobre..."
1. O apóstolo Paulo tem a encarnação em vista aqui.
2. Jesus Cristo era rico, e desistiu de tudo por nós!
a. Ele era rico em poder... Ele criou o mundo e tudo o que está nele, mas ele se deu e se tornou um homem.
b. Ele era rico em amor... todas as hostes de anjos no céu cultuavam e adoravam Ele, mas Ele veio como homem e foi desprezado e rejeitado.
c. Ele era rico em recursos... tudo era Seu, e ainda assim Ele nasceu e viveu na pobreza.
1) Ele teve que pedir emprestado uma manjedoura para nascer.
2) Ele teve que depender de outras pessoas para um lugar para dormir, roupas para vestir, e comida para comer.
3) Ele foi enterrado em um túmulo emprestado.
4) Ele que era o Rei dos Reis viveu como um pobre.
B. Nós realmente não damos como Jesus até que nos custe algo.
1. Ele não colocou limites a Sua doação. João 13:1
2. Seu padrão para dar envolveu; sem reservas, sem medidas, sem condições, sem esperar nada em troca, derramando tudo o que ele tinha.
3. Davi compreendeu este princípio do dar sacrificial.
a. Observe: 2 Samuel 24:17-24
b. Davi disse que ele não iria oferecer holocausto ao Senhor que não lhe custasse nada!
c. Quão diferente da atitude hoje... muitos só dão ao Senhor daquilo que sobra, isso quando dão!
4. Ilustração: Homem que viaja na Coréia.
a. Viu um pai e filho arando seus campos, mas o filho estava puxando o arado!
b. O guia explicou que eles eram cristãos e que há vários meses atrás a igreja deles precisava de dinheiro para construir um novo templo.
c. Desejosos de dar uma oferta, esta pobre família pegou seu único boi, matou e vendeu a carne no mercado dando todos os recursos para o fundo da construção de sua igreja.
d. O homem expressou que deve ter sido um sacrifício muito notável para eles fazer uma coisa dessas, mas o guia disse que eles não pensavam assim, eles pensaram que eles eram bastante privilegiados de ter um boi para dar.
C. A natureza da doação é dar o que temos para que outros possam ter o que precisam.

III. O propósito do dar.

A. "para que pela sua pobreza fôsseis enriquecidos"
1. Esta não é a verificação de todos os falsos ensinamentos hoje sobre saúde e riqueza do cristianismo.
2. Esse ensino é totalmente egocêntrico!
3. O verdadeiro ato de dar do cristão nunca é dirigido para o interior, é sempre para o exterior.
B. Nós não damos a fim de obter algo em troca.
1. Muitas vezes olhamos para os ângulos, o que está nele para mim?
2. Se pudermos ver que haverá um benefício substancial para nós, então vamos nos envolver.

Conclusão: Jesus nos deu o padrão para a doação do Cristão. Ela vai muito além do dízimo! A generosidade é uma bela parte da nossa adoração cristã. Considere esta noite como somos ricos porque Jesus, por amor a nós, se fez pobre.

Somos ricos em Seu amor: quão maçante, estéril, quão triste e aborrecida a nossa vida seria sem o calor do amor de Deus.
Somos ricos em verdade: temos Sua Palavra aberta para nós, uma e outra vez. Recebemos a percepção da realidade, temos visto as coisas em sua perspectiva correta, e a vida foi finalmente posta em foco adequado porque temos Sua verdade.
Somos ricos em Seu poder: Em Cristo, temos sido capazes de vencer as batalhas e experimentar vitorias que nunca tivemos antes.
Somos ricos em suas misericórdias diárias: Temos roupas para vestir, alimento para comer, casas boas para viver, temos mais bênçãos do que jamais poderíamos imaginar por causa dele.

Ao refletirmos sobre o Seu padrão de dar, deveríamos curvar nossas cabeças de vergonha por aquilo que damos, porque damos, e como damos. Que cada um de nós esta noite seja desafiado a buscar a medida do padrão de Cristo... especialmente na graça de dar.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.