Header Ads

Recomeçar: As coisas funcionam quando Deus está em primeiro lugar

Recomeçar: As coisas funcionam quando Deus está em primeiro lugar
Texto: Ageu 1:1-4
Introdução: Peço-lhe que se voltam para o Livro de Ageu? Este é o segundo livro mais curto do Antigo Testamento, por isso é um pouco difícil de localizar. Está entre Sofonias e Zacarias, o que provavelmente não é tão útil. A maneira mais fácil de encontrá-lo é ir até Mateus e depois voltar três livros.

A história

Antes de entrar no livro, precisamos entender um pouco sobre a definição. Para interpretar corretamente e aplicar este breve livro, devemos colocá-lo em seu contexto histórico. Eu vou fazer o meu melhor para explicar a história de Deus que se desenrola no Antigo Testamento.
Eu vou tentar o meu melhor para explicar um pouco da história de uma forma que é compreensível e até mesmo interessante. Estou animado porque se você e eu entendermos este breve panorama, vamos desenvolver uma apreciação mais profunda pelo Antigo Testamento. Depois de aprender os principais pontos da história redentora de Deus, teremos um maior apreço pela forma como todos os livros andam juntos e vamos estar em melhores condições de aplicar as suas lições.

Vamos começar com um homem chamado Abraão. Ele veio de um país pagão e lhe foi prometido por Deus um lugar e um povo. Ele e sua esposa deram à luz um filho chamado Isaque. Ele se tornou o pai de Jacó. Jacó tinha 12 filhos, que ficaram conhecidos como as 12 tribos de Israel. Eles acabaram em cativeiro no Egito por 400 anos. Moisés levou-os para fora e então Deus deu ao seu povo instruções de como adorá-Lo em um centro de adoração portátil, chamado Tabernáculo.

Depois de entrar na terra da promessa, eles receberam três reis, cada um dos quais governou 40 anos. Seus nomes eram Saul, Davi e Salomão. Davi queria construir uma estrutura de culto permanente, mas a honra foi dada ao seu filho Salomão, que construiu um magnífico templo. Era a peça central da nação e o ponto focal de sua adoração.

Mas as coisas foram por água abaixo. Depois que o rei Salomão morreu; Israel foi dividido em dois reinos. O Reino do Norte tinha dez tribos e foi referido como Israel. Isto é um pouco confuso, porque às vezes "Israel" é usado para se referir a todo o povo de Deus. O Reino do Sul teve duas tribos e foi referido como Judá. Certamente, este é o lugar de onde vem o nome "judeu".

Por causa de sua desobediência, os assírios conquistaram Israel e as tribos do norte foram dispersas e se tornou conhecida como as "dez tribos perdidas de Israel". Mesmo as tribos do sul vendo tudo isso acontecer, eles, também, continuaram a se rebelar contra Deus. Muitos anos mais tarde, os babilônios destruíram Jerusalém, dizimou o templo e deportou os judeus ao que hoje é o atual Iraque.

Muitos dos profetas de Deus previram que este cativeiro não iria destruir a nação; que terminaria e 70 anos mais tarde, o povo de Deus seriam autorizados a voltar para casa. Anos mais tarde, Ele permitiu que os persas conquistassem os babilônios e moveu o rei Ciro a fazer um decreto para permitir que alguns dos judeus voltassem. E em três etapas, eles foram autorizados a voltar a Jerusalém.

Nesse primeiro grupo, 50.000 israelitas voltaram a Judá com Zorobabel e reconstruíram o altar e começaram a oferecer sacrifícios. Dois anos depois, eles terminaram a fundação do templo. Infelizmente, eles se desencorajaram e desistiram. Deus, então, enviou-lhes os profetas Ageu e Zacarias para encorajá-los a terminar o projeto. Esdras também foi enviado para ajudar a restaurar o fervor espiritual e Neemias os reuniu para reconstruir os muros.

Deixe-me apresentar uma palavra que é importante lembrar para compreender a segunda metade do Velho Testamento. É a palavra exílio, que se refere ao tempo que Judá estava em Babilônia como uma punição por sua falta de fé. Alguns dos profetas do Antigo Testamento ministraram antes do exílio, alguns durante ele e outros depois dele.

Dezesseis anos se passaram e, em seguida, Ageu entra em cena para entregar quatro breves sermões em cinco meses. A mensagem é clara: é hora de terminar o que foi começado colocando as primeiras coisas primeiro. Seu estilo é simples e direto, e ele não desperdiça nenhuma palavra.

Vejamos o versículo 1: "No segundo ano do rei Dario, no sexto mês, no primeiro dia do mês, veio a palavra do Senhor, por intermédio do profeta Ageu, a Zorobabel, governador de Judá, filho de Sealtiel, e a Josué, o sumo sacerdote, filho de Jeozadaque, dizendo". O título" Senhor "refere-se a Deus como aquele que “guarda o pacto”. O "primeiro dia" seria um dia em que todos se reuniam para adoração, então um monte de pessoas estaria presente. Tenha em mente que, enquanto Ageu está falando eles estão em pé perto da fundação que agora estava coberto de ervas daninhas. Zorobabel era o líder cívico e Josué era o líder espiritual. Esta mensagem vem em primeiro lugar para os líderes.

No segundo verso do livro, Ageu mostra o que o "Senhor dos exércitos" tem a dizer sobre as suas desculpas: "Assim fala o Senhor dos exércitos..." Estas não são sugestões de Ageu, mas as palavras de Deus. Este nome de Deus é "Jeová-Sabaoth", que faz referência a Ele como o comandante de todos os exércitos do céu. É usado mais de 270 vezes na Bíblia e 14 vezes sozinho neste pequeno livro! Jeová, ou Javé, ocorre 34 vezes em 38 versos e significa que Ele é o único auto existente, que é pessoal, presente, poderoso, e o irrevogável cumpridor de promessas.

O texto não diz, mas tenho a sensação de que as pessoas provavelmente estão dizendo algo como: "Oh, oh, nós estamos perdidos porque o Senhor Todo-Poderoso apareceu". Mas, antes de começar a rebentar essas pessoas, nós devemos dar-lhes alguma folga. Afinal, eles tiveram a coragem de deixar Babilônia quando um monte de outros judeus decidiram ficar para trás. Quando chegaram em Israel, eles começaram a trabalhar e construiu as bases para o Templo. E, claro, houve muito grande oposição dos povos que viviam na terra, especialmente os samaritanos (ver Esdras 3: 8-13; 4: 1-5, 24). Uma outra coisa que estava acontecendo; o rei Ciro, que lhes havia mostrado tanto favor, morreu e seu sucessor estava colocando um pouco de pressão sobre eles para parar de trabalhar.

Se você estiver seguindo a Cristo por algum tempo, não é nenhuma surpresa para você que os problemas sempre surgem. As dificuldades e o desânimo se estabeleceram. Amigos, ouça. Se você for esperar por um momento em que tudo será fácil antes de seguir em frente, você vai esperar um longo tempo.

Quero que você observe que Deus primeiro aborda o coração antes de insta-los a voltar ao trabalho. O coração é sempre o problema, não é? Provérbios 4:23 diz: "Guarda com toda a diligência o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida". Vamos analisar duas lições que podemos aprender nos primeiros versículos.

1. Proceder, não procrastinar. Apesar de as pessoas enfrentarem alguns problemas de montagem, Deus resume suas desculpas esfarrapadas no versículo 2: "Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo de se edificar a casa do Senhor" Referindo-se a eles como "este" povo e não "o meu povo", Deus indica que eles não estavam agindo como seu povo, porque nada tinha acontecido há 16 anos!

Você perceberá que nenhum deles estão alegando que não era importante construir a casa de Deus. Eles simplesmente não achavam que era o momento certo. Sem dúvida, é assim que acontece com cada um de nós.

Se você os perguntassem por que eles não estavam trabalhando no templo eles poderiam ter dito algo como isto: "Não me entenda mal. Eu sou a favor da reconstrução, mas o momento não é agora. Nós estamos em uma crise econômica aqui e há um monte de incerteza política no momento. Eu tenho outras coisas que tenho que cuidar primeiro, como a minha fazenda e minha casa. Eu vou mudar e fazer de Deus uma prioridade ... eu prometo". Suas desculpas soam familiar, não é? Eles até parecem razoáveis e realistas. Mas escuta. Desculpas sempre soam dessa maneira.

  • Eu tenho muita coisa acontecendo para ir à igreja todos os domingos. É meu único dia para dormir!
  • As pessoas na igreja são hipócritas e eu não gosto de algumas delas.
  • Eu não posso me comprometer com nada agora por causa de uma programação de esportes. Talvez mais tarde.
  • Vou pensar em liderar um grupo da igreja quando as coisas se acalmarem um pouco.
  • Eu vou dar mais quando eu tiver mais para dar.
  • Vou me entregar totalmente ao Senhor depois que eu terminar a escola, ou quando eu descansar um pouco, ou quando eu me aposentar.

 

John Henry Newman disse certa vez: "Ninguém peca sem apresentar alguma desculpa para si mesmo por haver pecado". Benjamin Franklin escreveu: "Eu nunca conheci um homem que fosse bom em dar desculpas que fosse bom em qualquer outra coisa". James Montgomery Boice expressa assim, "Se não há falhas, não há necessidade de dar desculpas".

2. Priorizar Deus, não o seu próprio prazer. Em seguida, o Deus dos exércitos faz uma pergunta muito penetrante, que chega ao coração do problema. Não é que eles eram incapazes; eles não estavam dispostos. Alguns de nós seriam mais honestos se, em vez de dizer: "eu não posso", disséssemos, "Eu não vou".

Vejamos os versículos 3-4: "Veio, pois, a palavra do Senhor, por intermédio do profeta Ageu, dizendo: Acaso é tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica desolada?" Você observa o contraste entre o templo desolado e suas ornamentadas casas? Isto é trazido para fora vividamente, dizendo: "nas vossas" Eles estavam preocupados consigo mesmos, não sobre Deus. Além disso, observe que eles não estão apenas passando o tempo na construção de suas casas; eles agora estão vivendo luxuosamente nelas.

Quando você vê a palavra casas "forradas", não pense em uma forma barata de fazer um quarto. Forro naquela época era como lambris, feito de cedro ou carvalho. Era normalmente usado apenas nos palácios dos reis, como visto em 1 Reis 7:7, onde lemos sobre o Rei Salomão: "Também fez o pórtico para o trono onde julgava, isto é, o pórtico do juízo, o qual era coberto de cedro desde o soalho até o teto".

É bem possível que os forros que haviam sido reservados para a construção do templo estavam agora sendo utilizado em suas casas. Sabemos por Esdras 3:7 que o rei Ciro tinha fornecido dinheiro para comprar madeira para reconstruir o templo; é provável que eles usaram isso em suas próprias casas. Sabemos que a maioria das casas eram modestas habitações normalmente construídas em pedra, mas estas casas eram luxuosas, enquanto a casa do Senhor estava em frangalhos. Em contraste com o que eles estavam construindo para si, a palavra "desolada" significa que a casa de Deus estava "em ruinas, decadente; ressecada"

Como eles poderiam dizer que não era o tempo certo depois de Deus ter movido um rei pagão para enviá-los de volta para fazer o trabalho? Ele até havia dado a eles materiais e dinheiro. Simplificando, eles não conseguiram se preocupar com Deus. Eles estavam muito mais interessados no próprio prazer. Este é o exato oposto do que o rei Davi disse anos antes, quando ele percebeu que ele estava morando em uma bela casa, mas não havia nada construído para Deus. 2 Samuel 7:2: "Aqui estou eu, vivendo em um palácio de cedro, enquanto a arca de Deus permanece em uma tenda", escreveu ele mais tarde isso nos Salmos 132:3-5: "Não entrarei na casa em que habito, nem subirei ao leito em que durmo; não darei sono aos meus olhos, nem adormecimento às minhas pálpebras, até que eu ache um lugar para o Senhor uma morada para o Poderoso de Jacó".

Eles deixaram de fazer o principal trabalho que tinham sido encomendados para fazer - é por isso que eles foram enviados de volta à terra. Da mesma forma, o nosso principal trabalho hoje é trazer glória a Deus ao viver o Grande Mandamento e a Grande Comissão, para conectar as pessoas a Jesus e equipá-las para serem crescente e fiéis seguidores. É por isso que estamos aqui!

Como eles, nossa configuração padrão é o egoísmo. Se não pensarmos em como estamos vivendo viveremos automaticamente nossas próprias agendas. Sempre que estamos diante de um novo ano, devemos nos perguntar: Por que Deus nos permitiu ver este novo ano? É para que possamos entrar em uma maior autoindulgência e servir a nós mesmos durante o próximo ano?"

Aqui estão as duas lições que Deus quer que aprendamos hoje:

  • Vamos prosseguir e parar de procrastinar
  • Vamos priorizar Deus e parar de viver para o nosso próprio prazer

A questão é que as pessoas estavam vivendo como querem sem colocar Deus no centro de suas vidas. Da mesma forma, é muito fácil para nós vivermos nossas vidas sem Deus no Seu lugar de direito. Eles sabiam que Deus é bom; eles simplesmente não o viam como uma necessidade. Eles se estabeleceram na terra e se estabeleceram espiritualmente também. E então Ageu entra em cena e emite um alarme "Código vermelho".

Você está estabelecido hoje? Você está vivendo sem o Senhor no centro da sua vida?

Se você conhece a Cristo, houve uma vez que você fez um compromisso pessoal com Ele... No princípio você era zeloso pelas coisas espirituais. Você lia a Bíblia todos os dias... Você se envolvia... Mas, talvez, seus esforços se encontraram com as dificuldades. Você teve um choque de personalidade com outro cristão, ou você estava desiludido... ou você encontrou provações pessoais que Deus não removeu, mesmo depois de muita oração.

Enquanto isso, a vida seguiu em frente. Você começou uma carreira e uma família. Você tem contas a pagar e outras demandas em seu tempo. A igreja e a obra do Senhor caíram em segundo plano. Você ainda frequenta a igreja não tão frequentemente quanto você pode, mas tornou-se uma fatia da vida, e não o centro. Você diz a si mesmo que você simplesmente não tem tempo para servir como costumava fazer... sem deliberadamente se rebelar contra Deus você tem colocado sua casa acima da casa de Deus.

Eu quero chamar a sua atenção para duas verdades que podem mudar totalmente a sua vida se você compreendê-las. Nós não somos chamados para construir um templo físico. Este prédio não é "casa de Deus".

1. O corpo da igreja é o templo de Deus hoje. 1 Coríntios 3:16 - "Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?"

2. O corpo do cristão é o templo de Deus hoje. 1 Coríntios 6:19-20 - "Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo”

Como está o Templo de Deus que é você? 1 Coríntios 11:28 nos chama para um momento de reflexão, a um momento quando consideramos os nossos caminhos: "Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice"

Vamos examinar a nós mesmos ... e recusar-se a apresentar quaisquer desculpas.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.