Header Ads

Lições da Vida de Ester

Lições da vida de Ester
Texto: Ester 2:5-9
Assunto: Biografia
Título: Lições da vida de Ester
Proposição: Neste estudo, vamos observar várias lições do livro de Ester.
Objetivos: Cada ouvinte deve ser capaz de contar a história de Ester e explicar como Deus cuida de Seu povo.
Alvo: Ajudar todos a compreender que Deus cuida de Seu povo e provê para eles segundo a sua vontade.
Introdução:
1. Leia: Ester 2:5-9
2. Sobre o Texto:
a. O livro de Ester é definido no império persa.
b. O tempo do livro de Ester ocorre entre os anos de 483-473 antes de Cristo, cerca de 100 anos depois do cativeiro babilônico.
c. A história se encaixa corretamente entre os capítulos 6 e 7 do livro de Neemias.
1) Após o retorno de Neemias para Israel.
2) Antes do retorno de Esdras para Israel.
d. O povo judeu no livro de Ester é aquele que ficou para trás no império persa enquanto Neemias retornou.
e. Os principais personagens do livro são Ester e seu primo, Mardoqueu, o rei da Pérsia, Assuero (Xerxes), e Hamã.
f. O propósito do livro de Ester é explicar o contexto e o propósito para a festa de Purim (8:26-28).
g. Os versículos-chave no livro são 4:13-14. "Então Mardoqueu mandou que respondessem a Ester: Não imagines que, por estares no palácio do rei, terás mais sorte para escapar do que todos os outros judeus. Pois, se de todo te calares agora, de outra parte se levantarão socorro e livramento para os judeus, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se não foi para tal tempo como este que chegaste ao reino?"
h. O conceito para o livro é "Providencia". Não há nenhuma menção de Deus no livro de Ester. Deus trabalhou "nos bastidores", a fim de realizar a Sua vontade.

I. A história do livro de Ester

1. A queda de Vasti (capítulo 1)
a. A festa do rei é observada pelo historiador Heródoto que disse que era uma sessão de planejamento militar.
b. O rei ordenou Vasti entrar na festa vestindo sua coroa real "para mostrar sua beleza"
c. Vasti recusou.
d. O rei fez uma proclamação que Vasti não teria mais uma posição real e que as esposas deveriam honrar seus maridos.
2. A escolha de Ester e o casamento (2:1-20)
a. O rei enviou oficiais para encontrar uma mulher para substituir Vasti.
b. Ester estava entre as mulheres selecionadas.
c. Mardoqueu procurava todos os dias saber do bem-estar de Ester.
d. Ela se preparou por 12 meses e, finalmente, se apresentou diante do rei.
e. O rei amou a Ester mais do que todas as outras mulheres (2:17).
f. Ester manteve sua nacionalidade em segredo.
3. O serviço de Mardoqueu ao Rei (2:21-23)
a. Mardoqueu ouviu dois eunucos tramando o assassinato do rei.
b. Ele relatou isso e os homens foram enforcados.
c. O nome de Mardoqueu foi registrado nas Crônicas do Rei.
4. A promoção de Hamã e a trama (capítulo 3)
a. Hamã foi promovido e todas as pessoas deveriam se curvar a ele.
b. Mas Mardoqueu não se curvou.
c. Então Hamã lançou o "Pur" e conspirou para destruir os judeus.
d. Hamã convenceu o rei a matar todos os judeus, porque eles falaram contra ele.
e. Isto deveria acontecer no 13º dia do 12º mês de Adar (março).
5. A proclamação da destruição (4:1-14)
a. Mardoqueu fica sabendo desta proclamação e se veste com pano de saco e cinza.
b. Ester ouve sobre isso e inquire.
c. Mardoqueu adverte Ester que ela não vai escapar a menos que ela faça alguma coisa.
d. 4:13-14 "Então Mardoqueu mandou que respondessem a Ester: Não imagines que, por estares no palácio do rei, terás mais sorte para escapar do que todos os outros judeus. Pois, se de todo te calares agora, de outra parte se levantarão socorro e livramento para os judeus, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se não foi para tal tempo como este que chegaste ao reino?"
6. O plano de Ester começou (4:15-5: 8)
a. Ester vai ao rei e é recebida favoravelmente.
b. Ester convida o rei e Hamã para um banquete.
7. O plano de Hamã contra Mardoqueu (5:9-14)
a. Orgulhosamente Hamã se vangloria para sua família sobre esta festa.
b. A família trama a morte de Mardoqueu por enforcamento – Forca de 50 côvados de altura.
8. A honra de Mardoqueu (6:1-14)
a. O rei ficou sem dormir e leu os registros.
b. Ele viu o registro do serviço de Mardoqueu.
c. Desejoso de honrar Mardoqueu, o rei pergunta a Hamã o que deve ser feito.
d. Hamã, pensou que ele seria homenageado e concebeu um plano elaborado.
1) Manto real.
2) Cavalo real.
3) Coroa real.
4) Conduzido pelo príncipe mais nobre.
5) Diga: "Assim se faz ao homem a quem o rei deseja honrar"
e. Hamã é então humilhada em ter que realizar seu plano para Mardoqueu.
9. O plano de Ester concluído (7:1-10)
a. Ester revela ao rei sua herança.
b. Diz o que foi planejado contra o seu povo.
c. Ester traz a acusação contra Hamã ao segundo banquete.
d. Hamã é retirado e enforcado em sua própria forca.
10. A salvação de Mardoqueu e do povo judeu (8:1-17)
a. Ester fala com o rei sobre a lei.
b. O rei proclama que o povo judeu tem permissão para lutar contra seus inimigos.
11. A vitória judaica sobre os seus inimigos (9:1-16)
a. O povo judeu luta.
b. Muitos tomam o lado dos judeus.
c. Muitos se convertem ao judaísmo.
d. Os inimigos são mortos.
e. 10 filhos de Hamã são mortos.
f. Um segundo dia de combate é proclamado.
12. As celebrações de suas vitórias (9:17-32)
a. No dia 14 de Adar houve descanso nas aldeias, mas em Susan não houve descanso até o 15º dia.
b. Ambos os dias são assim honrados na festa de Purim.
13. A notoriedade de Mardoqueu (10:1-3)

II. As lições do Livro de Ester

1. Deus pode usar homens maus para realizar coisas boas para o seu povo.
a. O rei Assuero era um homem mau (1:11).
b. Hamã era um homem mau.
c. O mau Assuero acabou sendo a salvação de Ester.
d. O mal de Hamã acabou sendo a salvação dos judeus.
e. "E sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" (Romanos 8:28).
2. A coragem é uma virtude valorosa e gratificante.
a. A coragem de Mardoqueu na recusa em ceder a Hamã.
b. A coragem de Ester em entrar presença do rei.
c. 2 Timóteo 1:7-8 "Porque Deus não nos deu o espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação. Portanto não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa comigo dos sofrimentos do evangelho segundo o poder de Deus".
3. O orgulho precede a destruição.
a. O orgulho de Hamã promoveu Mardoqueu.
b. O orgulho de Hamã então destruiu a si mesmo e sua família.
c. Provérbios 16:18 "A soberba precede a destruição, e a altivez do espírito precede a queda"
4. O ódio não ajuda em nada, a não ser construir nossa própria forca.
a. A ira de Hamã dirigiu seu ódio para Mardoqueu.
b. O levou a construir a forca antes da sentencia do rei.
c. Em seguida, quando o rei soube dos esforços de Hamã, ele foi enforcado em sua própria forca.
d. Efésios 4:31 "Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia"
5. Deus cuida do seu povo.
a. Deus elevou Ester a rainha.
b. Deus assegurou que a lealdade de Mardoqueu fosse registrada.
c. Deus trabalhou no calendário das duas festas.
d. Deus estava envolvido na insônia e na leitura dos livros por Assuero.
e. Deus usa a forca de Hamã para seu próprio propósito.
f. Deus usa as circunstâncias para trazer grande bênção para o seu povo.
g. Hebreus 13:5-6 ".... Não te deixarei, nem te desampararei. De modo que com plena confiança digamos: O Senhor é quem me ajuda, não temerei; que me fará o homem?"

Conclusão:
1. Nós analisamos o livro de Ester e observamos algumas lições muito práticas.
2. Deixe-nos compreender que Deus cuida de seu povo e somos hoje povo de Deus se fizermos a Sua vontade.
3. Convite
a. Você está fazendo a vontade de Deus?
b. Você é um dos filhos de Deus?
c. Se você não é um cristão ...
1) Ouça a palavra; Romanos 10:17 "A fé vem pelo ouvir ..."
2) Creia de todo o coração; Hebreus 11: 6 "Porque sem fé é impossível ..."
3) Arrependa-se dos seus pecados (Atos 17:30).
4) Confesse Jesus como o Filho de Deus (Mateus 16:16).
5) Seja batizado para a remissão dos seus pecados (Marcos 16:15-16).

Leia também:

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.