O Que Isaías Viu

O Que Isaías Viu
Texto: Isaías 6:1-9
Introdução: Crises e mudanças muitas vezes levam as pessoas a momentos de autoexame e reflexão e até mesmo oração. Era apenas um tempo para o jovem Isaías, quando ele foi ao templo para orar. O reinado do Rei Uzias havia começado com muita promessa, mas, infelizmente, o orgulho tomou conta de Uzias e ele presumiu que podia fazer no templo o que era proibido. Ele foi atingido com lepra e morreu, não no palácio, mas na ala dos leprosos.

Qualquer crise, mesmo que pequena, pode ser uma oportunidade para uma nova visão de Deus. Se considerarmos o que Isaías viu, pode ajudar a nossa visão espiritual. Como Isaías, podemos encontrar uma nova inspiração e renovação do compromisso.

I. Isaías Viu O Seu Senhor: Foi Um Momento De Reverência.

A. Ele precisava ver Deus. Ele havia colocado tanta confiança em um rei visível que ele sentiu anteriormente pouca necessidade de estender a mão ao rei invisível.
B. Ele viu Deus em toda a Sua majestade. Deus estava sobre um "alto e sublime" trono
C. Ele viu Deus no Seu poder. "as orlas do seu manto enchiam o templo"
D. Ele viu Deus em Sua santidade. Os serafins, se cobrem com humildade. Quando eles cantam, eles começam com: "Santo, santo, santo". O cântico dos serafins ressalta o fato de que temos um Deus santo. Em nosso desejo de enfatizar o amor de Deus, nunca devemos tirar-lhe a grandiosidade.

II. Isaías Viu O Seu Pecado: Foi Um Tempo De Arrependimento.

A. Esta é uma reação natural depois de chegar a um acordo com a santidade de Deus. Quando capturamos uma visão de Deus, devemos estar dispostos a nos ver como realmente somos, mesmo que isso nos entristeça.
B. É uma coisa interessante ver que Isaías mencionou seu próprio pecado antes que ele mencionasse o pecado de seus compatriotas. Isaías viu seu próprio pecado e disse: "Eu sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de lábios impuros".

III. Isaías Viu A Sua Purificação: Foi Um Tempo De Restauração.

A. Deus não negou a pecaminosidade de Isaías, mas ele proveu um escape. Um serafim tomou uma brasa do altar, onde o sacrifício pelo pecado foi feito, e queimou os lábios de Isaías, purificando-os.
B. Não havia nenhuma razão para Isaías continuar se sentindo indigno. Ele tinha sido purificado.

IV. Isaías Viu Sua Missão: Foi Um Momento De Reconhecimento.

A. Quando Deus diz: "Vá!" Nós vamos. Não há discussão. Nós não dizemos, "Lá está ele, envia-o"
B. Nós não devemos nos preocupar sobre como as pessoas vão reagir. Isaías foi avisado de antemão que o povo não iria responder como deveriam. Não importa o que as pessoas fazem, devemos ser fiéis.
C. Deus enviou ao povo uma mensagem não porque queriam, mas porque eles precisavam. A mensagem que Isaías transmitiria ao seu povo foi a mensagem que ele havia recebido. Há perdão e propósito com Deus, se você submeter sua vida ao seu cuidado e autoridade.

Conclusão: Há uma mudança e caos no mundo, mas eu digo a você: "Deus ainda está no trono". Se você dúvida, basta olhar em volta. Ele pode estar mais perto do que você pensa. Talvez você possa dizer: "eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e isso fez toda a diferença"

Ilustração: Muitos de nós somos como o homem que foi ao consultório do psiquiatra com um ovo frito no topo de sua cabeça, uma tira de bacon estendida sobre cada orelha, e uma salsicha em cada narina. "Eu preciso falar com você, doutor", disse ele, "É sobre o meu irmão"

Pr. Aldenir Araújo

0 Comentários em "O Que Isaías Viu"

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!