Header Ads

Ceia: A Comunhão Com O Nosso Senhor

Ceia: A Comunhão Com O Nosso Senhor
Texto: 1 Coríntios 1:1-9
Introdução: Nós podemos esquecer rapidamente as coisas que são mais importantes na vida. Esta é a razão porque o Senhor instituiu a Ceia do Senhor.

A Ceia do Senhor é um lembrete de que a nossa relação com Cristo é essencial. A Ceia do Senhor é uma lembrança da morte de Cristo para nós e quando cremos nEle nós morremos com Ele. É também um lembrete de nossa nova vida derivada de Cristo. O Senhor quer ter comunhão com o Seu filho. Ele quer que nós cresçamos na graça, para que possamos ser mais semelhantes a Ele.

I. O Foco Em Cristo

Paulo mencionou Cristo nove vezes nos primeiros nove versículos de nosso texto. Jesus deve ser o foco e o centro da vida do cristão. Os nomes dados a Jesus fala de Sua majestade e a razão porque devemos cultuar e adorá-Lo.
A. A Majestade de Cristo.
1. Senhor significa Mestre, Soberano. (Senhorio de Cristo)
2. Jesus significa Salvador.
3. Cristo significa ungido, o Messias, o Filho de Deus.
B. A Mensagem de Cristo.
1. Há apenas um evangelho. A mensagem do evangelho é Cristo crucificado, sepultado e ressuscitado. A mensagem do evangelho é o "poder de Deus para a salvação"
2. "nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos, mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus" (1 Coríntios 1:23-24)
C. O Ministério de Cristo.
1. Cada dom espiritual, privilégio e uma bênção que temos é o resultado da graça de Deus. Não temos nada para se vangloriar ou se exaltar. "Aquele que se gloria, glorie no Senhor." (1 Coríntios 1:31). Nesses poucos versos, aprendemos algumas das maneiras que Ele nos abençoou.
a. Salva aqueles que invocam o Seu nome. (v. 2)
b. Santifica aqueles que são seus. v. 2 (separado para Deus)
c. Fonte de graça para aqueles que são Dele. v. 3-4
d. Os dons espirituais para os que são seus. v. 5
e. Protege os que são seus. v. 8 "vos confirmará até o fim"

II. A Comunhão Com Cristo

A. Responsabilidade do cristão
1. A palavra "comunhão" tem o sentido de associação e de parceria. Como parceiros com Cristo, nós compartilhamos sua vida, sofrimentos e glória.
2. A Ceia do Senhor é chamado de "comunhão" nas Escrituras.
3. "Porventura o cálice de bênção que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos, não é porventura a comunhão do corpo de Cristo?" (1 Coríntios 10:16)
4. Jesus descreveu a nossa união e comunhão com Ele a luz de comer sua carne e beber seu sangue. (João 6:48-56)
5. Cristo nos associa com Ele mesmo. Essa comunhão chama o cristão à santidade. O plano eterno de Deus para Seus filhos é que sejamos conformes à imagem de Seu Filho. (Romanos 8:29)
6. A Ceia do Senhor é um momento para examinar nossas vidas. Devemos confessar e arrepender de todos os pecados conhecidos.
7. Nossa incapacidade de fazê-lo resultará em nosso castigo.
8. "Mas, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados; quando, porém, somos julgados pelo Senhor, somos corrigidos, para não sermos condenados com o mundo" (1 Coríntios 11:31-32)
9. "e já vos esquecestes da exortação que vos admoesta como a filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, nem te desanimes quando por ele és repreendido; pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho" Hebreus 12:5-6
10. "Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada" João 14:23
11. "Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será feito" (João 15:7)
12. "Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos nas trevas, mentimos, e não praticamos a verdade; mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado" (1 João 1:6-7)
B. A confiabilidade do Senhor. v. 9 "Deus é fiel" 
1. As promessas de Deus serão cumpridas porque Ele é fiel. Nossa esperança está no caráter imutável do Deus santo que nos chama a Si mesmo por meio de Cristo pela graça.
2. É Deus quem "também vos confirmará até o fim" (v. 8)
3. Nosso futuro depende de Deus. Nós somos infiéis, mas Ele se mostrou verdadeiro para nós incontável número de vezes.
4. Abraão creu na fidelidade de Deus. Deus havia prometido a Abraão e Sara um filho. Seu filho seria o herdeiro de Abraão. Deus pediu a Abraão que sacrificasse Isaque sobre o altar. Apesar da ordem de Deus, Abraão creu em Deus, se necessário matar seu único filho Ele iria traze-lo de volta à vida.
5. "Pela fé Abraão, sendo provado, ofereceu Isaque; sim, ia oferecendo o seu unigênito aquele que recebera as promessas, e a quem se havia dito: Em Isaque será chamada a tua descendência, julgando que Deus era poderoso para até dos mortos o ressuscitar; e daí também em figura o recobrou" (Hebreus 11:17-19)

III. O Futuro Com Cristo

A. A expectativa do crente. (v. 7b)
1. "aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Cristo Jesus, que se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade, e purificar para si um povo todo seu, zeloso de boas obras" Tito 2:13-14
B. A perfeição do crente. (v. 8)
1. O filho de Deus vai estar diante de Cristo irrepreensível o que significa a ausência de quaisquer ónus ou acusação. Deus imputou a culpa do nosso pecado sobre Jesus Cristo.
2. É Deus quem "Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos ante a sua glória imaculados e jubilosos" (Judas v. 24)
3. "Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus" Romanos 8:1
"Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica; Quem os condenará? Cristo Jesus é quem morreu, ou antes quem ressurgiu dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós" Romanos 8:33-34
 
Conclusão: A Ceia do Senhor nos ajuda a se concentrar em Cristo, nosso Salvador que logo voltará como Rei. Se somos salvos, nós desejamos ter um relacionamento íntimo com nosso Senhor. Nós não queremos que nada impeça a nossa comunhão com Ele. A Ceia do Senhor nos leva a examinar nossas vidas e confessarmos os nossos pecados. Vamos crescer na graça e no conhecimento d'Aquele que nos ama e se entregou por nós. Você ama Jesus?
 
Pr. Aldenir Araujo

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!