Header Ads

Os resultados da adoração

Os resultados da adoração
Texto: Isaías 1:11-20
Introdução: Todos os filhos de Deus sabem que devem adorá-Lo. As escrituras declaram: "...Ele é teu senhor, presta-lhe, pois, homenagem" Salmo 45:11. Salmo 95:6 diz: "Oh, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Senhor, que nos criou"

Nós que fomos salvos conhecemos como Hebreus 10:25 nos diz que não devemos abandonar "a nossa congregação".

Temo que, embora todos nós sabemos que devemos adorar, alguns de nós não sabe qual o resultado dessa adoração. É também vividamente claro que o culto a Deus foi pervertido por muitos.
1. Eles o fazem em uma experiência onde a música e a pregação conduz as pessoas em um frenesi emocional.
2. Alguns mudaram o culto em um entretenimento. O púlpito tornou-se um palco para entreter as pessoas. As pessoas não vêm para adorar a Deus, mas para se divertir com a "chamada" música cristã moderna e uma mensagem genérica que faz as pessoas se sentirem bem consigo mesmas.
3. Inclusive para alguns, o nome foi alterado de culto para uma "celebração". Você precisa olhar para as duas palavras em um dicionário para aprender que elas são diferentes palavras com significados diferentes.
4. Essas igrejas orgulhosamente anunciam "cultos não-tradicionais". Muitos nem sequer se denominam igrejas nomeando-se "centros de vida da família", "catedrais", e uma série de outros nomes não bíblicos.

Se os resultados adequados não ocorrem no culto, então, o adorador não ofereceu um culto agradável a Deus. Isto significa que...

Se uma pessoa pensa que pode ir para a Casa de Deus, passar por alguns rituais, cantar algumas músicas, ouvir um discurso, ter um bom momento, ser emocionalmente estimulada, e depois sair e esquecer tudo isso, essa pessoa não adorou a Deus.

Esta mensagem vai observar o culto de uma perspectiva prática e bíblica. Particularmente enfatizando os resultados que a adoração deve ter em você, resultados que tanto abençoa o seu coração como honram a Deus. Este é uma verdade importante que a verdadeira adoração honra o Senhor e tem um profundo efeito sobre quem adora.
O foco principal será sobre os resultados que a adoração deve ter em nós, porque a adoração sem resultados é escárnio perante Deus.

Devemos, primeiramente, ir para o Antigo Testamento para entender o que é a adoração. Um princípio de hermenêutica é a regra da "primeira menção". Em outras palavras, quando Deus em primeiro lugar menciona uma verdade doutrinária Ele estabeleceu certos princípios relativos a essa verdade. No Antigo Testamento Deus nos ensina os princípios da adoração.

Para compreender corretamente a adoração ... primeiro você deve ir para o Antigo Testamento e ver como ela foi criado.

Referindo-se ao Antigo Testamento, 1 Coríntios 10:11 diz esta verdade: " Ora, tudo isto lhes acontecia como exemplo, e foi escrito para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos"

Nosso texto, Isaías 1:11-20 é uma passagem clássica que estabelece esta verdade no Antigo Testamento.

Leia Isaías 1:11-20

Várias verdades são encontradas aqui:

1. Deus não estava satisfeito e, portanto, não estava aceitando suas ofertas (sem valor) "vãs". (Ofertas significa aquilo que era oferecido a Deus em adoração)
- Eu acredito que vale a pena notar o que aprendemos sobre a adoração do fracasso de Israel, o povo escolhido de Deus.
- Isso é interessante na medida em que o próprio Deus estabeleceu as práticas de oferecer sacrifícios ao Senhor. Da forma como os sacrifícios estavam sendo oferecidos, ofendiam a Deus. A gravidade deste assunto é vista em que Deus usa palavras e frases tais como "abominação", "iniquidade", "minha alma as aborrece", "Eu estou cansado de as sofrer", para descrever a sua visão da adoração deles.

2. Além disso, Deus diz ... Eu não vou ouvi-los. Nós estamos em sérios apuros se Deus se recusar a nos ouvir.
a. A pergunta é a seguinte: Quanto da nossa adoração Deus aceita? Esta é uma questão pessoal. No culto se Deus é adorado, a adoração pessoal deve ter ocorrido.
b. Quantas vezes quando chegamos a igreja e a nossa adoração é vã, porque nós realmente não entendemos a adoração e oferecemos ao Senhor o culto, como se tem instruído.

3. Deus nunca condena sem oferecer a redenção da ofensa. Seu desejo é que os homens vivam vidas justas que é a melhor vida que um homem pode viver. Deus diz a Israel:
a. “Lavai-vos, purificai-vos”. 1 João 1:9 afirma a mesma verdade ao cristão no Novo Testamento. Quando pecamos, devemos confessá-lo e deixar que Deus nos purifique de nossos pecados.
b. Para deixar suas más obras. Observe o que o Novo Testamento diz aos crentes:
- Romanos 13:14 "Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo; e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências"
- Efésios 4:24 "e a vos revestir do novo homem, que segundo Deus foi criado em verdadeira justiça e santidade"
- Efésios 6:11 "Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo"
- Colossenses 3:10 "e vos vestistes do novo, que se renova para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou"
- Colossenses 3:12 "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de coração compassivo, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade"
- Colossenses 3:14 "E, sobre tudo isto, revesti-vos do amor, que é o vínculo da perfeição"
c. Para deixar de fazer o mal. Romanos 6:2 diz: "De modo nenhum. Nós, que já morremos para o pecado, como viveremos ainda nele?"
d. Para resumir ... Deus disse a Israel para tirar o pecado de suas vidas e hoje ele está nos dizendo a mesma verdade. Todo pecado é destrutivo. Ele vai nos destruir, nossas vidas, nossos casamentos, famílias, amigos, e mais importante o nosso relacionamento com Deus. Deus nos ama como um pai amoroso e quer o melhor para nós. Lhe dói ver como nós permitimos o pecado nos destruir.

4. V. 18, observe.... Deus oferece perdão e completa vitória sobre pecados. "ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos como o carmesim, tornar-se-ão como a lã”. Isso é certamente uma vitória completa sobre o pecado.
Questão? Antes do culto, esta noite houve alguma preparação de seu coração e alma para vir adorar?
a. Houve um momento de autoexame para ver se havia algum pecado não confessado em nossas vidas.
b. Houve uma preparação da nossa aparência. Nos tempos do Antigo Testamento o adorador apresentava apenas o seu melhor para o Senhor.
Nós nunca menosprezamos ou deixamos qualquer pessoa que vem aos nossos cultos desconfortáveis apontando o seu traje inadequado. Mas nós não promovemos a descontração também. Nosso povo deve dar o exemplo para os outros seguirem. Devemos vestir adequadamente para honrar nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

5. Com a oferta de perdão e reconciliação. . . há sempre um aviso ... "mas se recusardes, e fordes rebeldes, sereis devorados à espada..."

6. Nós aprendemos que o resultado da adoração deve produzir uma vida piedosa. Deixe-me dizer desta maneira ... o ato ou ritual de culto é vão (sem valor) se não vêm de um coração entregue a Deus.
- Assim, o ato de adoração é mostrar a condição do coração. Ritual, cerimônia, e atos de culto ... são uma abominação a Deus se a pessoa não estiver vivendo para o Senhor.
- Pense nisso desta maneira ... suponha que o seu filho ou filha veio e ofereceu um elogio a você .... quando ao mesmo tempo ele estava desobedecendo, rebelando-se contra você e desprezando-o. E você sabia que seu louvor era simplesmente oferecido em um esforço para convencê-lo a dar-lhe algo. Queridos Deus conhece os nossos corações!

I. Cada um de nós precisa primeiro entender o que é Adoração

A. Há cinco atos formais que constituem a adoração de Deus:
1. Estes atos são: canto, oração, pregação, oferta e a Ceia do Senhor:
a. Efésios 5:19 e Colossenses 3:16 nos exorta a cantar louvores ao Senhor. Cantar ventila a alma, e boas canções bíblicas ajudam muito a comunicar as verdades da palavra de Deus para os participantes. Nossa música que oferecemos em nossos cultos de adoração deve ser música especial usada apenas para adorar o Senhor.
Como é triste e pecaminoso que nesta noite em todo o mundo e especialmente aqui nas igrejas do Brasil estão apresentando "shows musicais", inclusive com música do mundo e oferecendo como adoração ao Senhor! Queridos, Deus nos diz que devemos ser separados do mundo e isso inclui nossa música também.
b. Nosso Senhor nos ensinou a orar em Mateus 6:7-15 e I Tessalonicenses 5:17 "Orai sem cessar". A oração nos humilha, e nos ajuda a discernir a vontade de Deus para nossas vidas. Ela também exorta, edifica, fortalece e instrui os membros companheiros que ouvem as orações.
c. O Senhor ensinou sobre a oferta generosa em Lucas 6:38 e enfatizou em passagens como II Coríntios 9:6, 7 e I Coríntios 16:2. Dar, conquista a cobiça e a ganância. Ela dá a vitória sobre a ganância e o egoísmo. Faz-nos senhores sobre o nosso dinheiro, em vez de o nosso dinheiro ser senhor sobre nós. Ela define o relacionamento adequado com Deus, relação de graças e dependência dele.
- Muitos falham nisso e vêm para adorar a Deus de mãos vazias ou com uma oferta desobediente. Queridos, trazer nossos dízimos e ofertas e apresentá-los ao Senhor não é opcional no culto. O exemplo do Antigo Testamento é que o adorador levava seu sacrifício ... as primícias de seus rebanhos e tudo o que tinha. Hebreus 11: 6 diz que não podemos agradar a Deus sem fé. O dízimo é uma prova de fé e ensina dependência de Deus. Você não pode estar roubando a Deus e adorá-Lo.
- Queridos Deus quer que dependamos dEle, ainda assim muitos se recusam a crer em Deus e tolamente pensam que estão se beneficiando, mantendo os dízimos e ofertas de Deus para si mesmos.
d. O ministério de Jesus foi de pregar para Israel. Sobre a pregação Deus disse em I Coríntios 1:21 diz: "Aprouve a Deus pela loucura da pregação salvar os que creem"
- II Timóteo 3:15-4: 5 apresenta vários dos valores da pregação. A pregação é um momento para comunicar as verdades da palavra de Deus de uma forma poderosamente persuasiva. É um momento de instrução, correção, repreensão e exortação. A pregação dá o filho de Deus o alimento espiritual que ele precisa para crescer.
- Uma pregação pobre, uma pregação doutrinariamente doentia ou uma pregação não ouvida, fará que o crente seja anêmico.
- Que responsabilidade o seu pastor tem de conhecer a Palavra de Deus ... para que ele possa alimentar o rebanho. É uma igreja que ordena ou nomeia um pastor. Uma parte importante da ordenação é examina-lo doutrinariamente. A igreja tem a responsabilidade de saber que o homem que eles deram a sua aprovação, conhece a palavra de Deus e tem o chamado de Deus para pregar.
e. Em Mateus 26:26-29 Jesus instituiu a Ceia do Senhor, e nos disse para mantê-la como um memorial do seu retorno. I Coríntios 11:23-26 conta como a Ceia do Senhor é projetado para chamar a nossa atenção para a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus Cristo, como Ele derramou Seu sangue, e seu corpo foi quebrado por nós, e como Ele está voltando. É sobretudo um momento de autoexame ... que nós adequadamente compreendemos e discernimos que grande preço Cristo teve que pagar por nossos pecados.
2. Você pode ver que todos esses atos de adoração são projetados para ajudar o adorador.
a. Eles irão ajudá-lo a ver suas falhas e dizer-lhe como corrigir essas falhas.
b. Eles vão ensinar-lhe como tratar o seu semelhante, como andar em retidão perante seu Deus, e como cuidar de seu próprio corpo.
c. Eles vão inspirá-lo e ajudá-lo conquistar seus inimigos mais letais.
d. Queridos, Deus está no negócio de mudança de vida e o honramos quando nós o obedecemos e crescemos espiritualmente. O adoramos quando chegamos num espírito de buscar a verdade de Deus que Ele pode nos transformar e nos fazer o que Ele quer que sejamos.
e. Queridos, Deus não está impressionado com a nossa cerimônia, no entanto, deve ser feita corretamente, porque isso honra o Senhor. Mas, nós não entendemos Deus se pensarmos que tudo que Ele quer é que nós o adoremos e oferecemos culto de lábios, vazios de louvor.
- Não, ele quer adoração e culto que nos transforma. É por isso que Deus condenou a adoração vã e vazia do desobediente Israel.
- Durante muito tempo eu não conseguia entender por que Deus era tão rigoroso na forma como as pessoas adoram. Parecia que Deus estava em vão. . . esperando homens que desejassem se curvar e adorá-Lo e agrada-lo. Como era totalmente errado esse pensamento. Deus não está impressionado com a nossa "adoração" nem Ele precisa dela. Ele é Deus Todo-Poderoso e Ele não precisa de homens pecadores para honrá-Lo. No entanto, os homens pecadores precisam adorar ao Senhor por causa do que a adoração faz por nós!
3. Para que a adoração cumpra sua finalidade projetada, ela deve ser processada pelo adorador em espírito e em verdade, João 4:23-24.
a. Se um adorador não oferecer sua adoração com um espírito de amor, gratidão e de acordo com as instruções que são estabelecidas na Palavra de Deus, então sua adoração torna-se totalmente vã. Nesse caso, ele não cumpriu o bem que a verdadeira adoração é projetada realizar.
b. Igualmente, a adoração deve ser em verdade. Isso significa ser doutrinariamente correta como Deus instruiu. Queridos, Deus não vai abençoar erro. O sumo sacerdote do Antigo Testamento tinha de realizar os sacrifícios segundo as instruções de Deus. Dois dos filhos de Eli que eram sacerdotes foram atingidos e mortos porque eles não seguiram as instruções de Deus sobre a origem do fogo que acendia o altar.
Uzá foi ferido e morto por colocar "a mão na arca de Deus". A arca estava sendo carregada em um carro quando Deus disse que era para ser levado pelos longos varais que atravessaram os anéis em cada lado. Davi e seu povo pensaram que seria mais rápido e melhor colocar em um carro. O carro sofreu um baque e Uzá estendeu a mão para evitar que caísse ... Deus o matou. Gente, não é isso que um monte de igrejas está fazendo hoje? Elas têm boas intenções, mas a sabedoria humana é defeituosa. Eles pensam que sabem o que é melhor e ignoram as instruções claras de Deus. Deus sabe o que é melhor para nós e, portanto, Ele exige de nós obediência.
Muito do que hoje chamamos música cristã contemporânea, que pega a música mundana e sensual e dá-lhe letras cristãs, certamente não está honrando ao Senhor. Os chamados cultos de louvor que são experiências emocionais em massa não são culto e desonram a Deus.
Além disso, uma pessoa ou igreja que está doutrinariamente doentia está em rebelião contra Deus, porque não estão seguindo suas instruções. Eles não podem realizar a Sua vontade ou levar avante Sua obra, porque eles estão operando na carne e não do Espírito.
B. A nossa adoração a Deus hoje, cantar, orar, ofertar, pregar e a Ceia do Senhor, é paralela à adoração de Deus no Antigo Testamento por holocaustos e sacrifícios;
1. Os três primeiros capítulos de Levítico particularmente esboçam vários sacrifícios elaborados que eram oferecidos em adoração diante do Senhor.
2. Moisés disse ao povo de Israel acerca dos sacerdotes em Deuteronômio 33:10: "Ensinarão os teus preceitos a Jacó, e a tua lei a Israel; chegarão incenso ao seu nariz, e porão holocausto sobre o teu altar"
3. Davi disse no Salmo 66:15: "Oferecer-te-ei holocausto de animais nédios, com incenso de carneiros; prepararei novilhos com cabritos"
4. Você dificilmente poderia ler o Antigo Testamento sem ver o elaborado sistema de sacrifícios e ofertas que eram empregados na adoração a Deus.

II. Assim como os métodos e atos de adoração no Antigo Testamento foram projetados para fazer com que os adoradores vissem algumas verdades bonitas que afetassem as suas vidas: da mesma forma, nossa adoração a Deus hoje é projetada para levar-nos a ver as verdades que irá produzir um efeito para o melhor em nossas vidas:

A. Queridos, a adoração nunca foi, nem é um fim em si mesmo. A adoração é apenas um meio para um fim.
1. O seu objetivo não é só para lhe dar uma sensação boa e algum estímulo emocional, ou inspiração. Pode, e deve fazer isso, mas é preciso fazer muito mais se for para cumprir sua finalidade. Se a adoração não lhe permite ver além dela, é mecânica às verdades envolvidas, então você perdeu o objetivo da adoração.
2. Se tudo que se pode ver a partir do ofertar é o fato de que ela colocou dez por cento a mais de oferta no tesouro da igreja, você perdeu o objetivo de ofertar.
a. Se você não consegue ver além da mecânica do dinheiro para as verdades da generosidade, missões, abnegação e a prosperidade da obra do Senhor, então você está cego para as lições de ofertar. Esta é uma das razões por que tantas pessoas têm problemas com o dízimo e dar sua oferta ao Senhor. Eles não veem como isso honra o Senhor, nem entendem como ofertar com um coração alegre nós faz crescer espiritualmente e nos torna mais dependente do Senhor.
b. É o mesmo acontece com a pregação. Se ela não faz com que você se veja diante de Deus, e dezenas de outras verdades que você precisa saber e praticar, então você está perdendo o objetivo da pregação.
c. Eu fico triste de saber que hoje, o que a adoração significa para muitos é ir a uma igreja duas ou três vezes por semana durante um par de horas de estimulação emocional.
- Muitos têm o cuidado de ir regularmente através dos movimentos do culto. Eles querem estar certos de que eles cumpriram cada "ponto e detalhe" do ritual de forma correta. É por isso que a formalidade no culto é tão importante para alguns.
- Mas, eles atravessam os movimentos e isso não causa nenhum efeito em suas vidas. Eles continuam em frente com as mesmas atitudes, com a mesma conduta, e a mesma abordagem para a vida como se nunca tivessem adorado a Deus por um minuto.
- Você já se perguntou por que tantos são infiéis em frequentar a igreja? Eles não recebem nada e por isso eles pensam que não é importante, é um desperdício de tempo. Isso revela que eles vieram com as razões erradas e não têm uma compreensão bíblica da adoração.
- Toda a adoração para eles é um estímulo emocional, ou um cumprimento do dever religioso; nunca tem o menor efeito prático dentro de suas vidas. Eles têm o conceito completamente cego que a adoração é um fim em si mesmo. É totalmente estranho ao seu modo de pensar que a adoração seja realmente apenas um meio para um fim.
3. Existem quatro coisas distintas que devem sempre resultar de sua adoração a Deus. Estas estão todas bem indicadas em Isaías 6:1-9:
a. A adoração deve primeiro resultar em ver o Senhor:
(1) Em uma cena que tipifica o momento de um homem na igreja do Senhor, o profeta Isaías disse: "eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as orlas do seu manto enchiam o templo", Verso 1. Os primeiros quatro versos deste capítulo descrevem a visão de Isaías do Senhor.
(2) Queridos, cada ato de adoração é projetado para apontar a sua atenção para o Senhor. É projetado para mostrar-lhe o seu corpo e sangue, que foi quebrado e derramado por vós. É projetado para mostrar-lhe sua majestade e glória.
b. Na adoração, você também, deve ver a si mesmo:
(1) Isaías 6:5 mostra que uma vez que Isaías viu o Senhor, então ele viu a si mesmo. Ele percebeu o quão fraco e indigno e dependente do Senhor ele realmente era.
(2) Queridos irmãos, cada ato de adoração é projetado para mostrar-lhe o quanto você precisa do Senhor, e quão insignificante você é dentro de sua própria força. É projetado para mostrar-lhe o quanto você precisa do Senhor, e como você precisa levar a Sua palavra e cumprir o Seu conselho.
d. A quarta coisa que deve resultar da sua adoração a Deus é o fato de que sua vida deve ser mudada:
(1) Isaías 6:6-8 mostra como que a vida de Isaías foi tocada, e mudada para melhor em vista de seu encontro com o Senhor.
(2) Caro filho de Deus, o culto é projetado para mudar a sua vida para melhor. É um meio para esse fim. Ele deveria mudar suas atitudes, corrigir e ajustar o curso da sua vida, fazer você andar em honestidade e integridade diante de Deus, e levar-lhe a crescer diariamente no Senhor. O objetivo do culto não é estimulá-lo emocionalmente durante três ou quatro horas por semana dentro das paredes de um prédio da igreja. Seu objetivo é efetuar a mudança em tempo integral em sua vida todos os dias. É projetado para fazer com que você fale melhor, controle seu temperamento, seja mais generoso, trate a sua família melhor, seja um empregado melhor ou empregador, seja um cidadão melhor, seja um melhor servo na igreja, para torná-lo mais humilde, para torná-lo mais zeloso e ousado, e fazer mil outras coisas boas para você. Em termos simples, tudo isso equivale ao fato de que você deve colocar em prática as coisas que você vê e aprende na adoração a Deus.
B. Se estes resultados ocorrerem, você será abençoado, as pessoas vão ser ajudadas, e Deus será glorificado:
1. Jesus falou de suas bênçãos pessoais, "Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes", João 13:17.
2. Com as pessoas ao seu redor sendo ajudadas, Davi indicou que quando o seu coração ficou bem com Deus, "Então, ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e pecadores se converterão a ti," Salmo 51:13.
3. E, sempre que vemos a verdade e começamos a praticá-la com o espírito certo em nossas vidas diárias, I Pedro 2:5 diz: "vós também, quais pedras vivas, sois edificados como casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus por Jesus Cristo". Isso está simplesmente dizendo que Deus é glorificado por essa conduta correta em Seus filhos, de um coração de amor.

III. Se estas boas respostas não resultam de sua adoração, então você falhou em sua adoração a Deus

A. Só porque você se senta na igreja regularmente não significa que você está adorando a Deus:
B. E posso garantir-vos sobre a autoridade da Palavra de Deus que, quando não há resultados produzidos em sua vida de adoração, Deus não é o menos honrado por isso. Deus está muito mais interessado na resposta que a adoração produz em sua vida, do que Ele está na mecânica de adorar a si mesmos. Ouça Amós 5:21-27.
Deus diz: "Aborreço, desprezo as vossas festas, e não me deleito nas vossas assembleias solenes. Ainda que me ofereçais holocaustos, juntamente com as vossas ofertas de cereais, não me agradarei deles; nem atentarei para as ofertas pacíficas de vossos animais cevados. Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos, porque não ouvirei as melodias das tuas liras. Corra, porém, a justiça como as águas, e a retidão como o ribeiro perene. Oferecestes-me vós sacrifícios e oblações no deserto por quarenta anos, ó casa de Israel? Sim, levastes Sicute, vosso rei, e Quium, vosso deus-estrela, imagens que fizestes para vos mesmos. Portanto vos levarei cativos para além de Damasco, diz o Senhor, cujo nome é o Deus dos exércitos".
Não é difícil ver que cantar, orar e a adoração de todos os tipos não era agradável e honrosa a Deus, onde as pessoas perderam os objetivos da adoração, tais como juízo, justiça e integridade em suas vidas.
C. Querido irmão, não deixe sua cabeça inchar com orgulho porque você é fiel a todos os cultos da igreja, porque você dá seu dinheiro, e porque você cumpre toda a mecânica de sua adoração a Deus. Deus está muito mais interessado na graça e na verdade em sua vida do que Ele está na mecânica de sua adoração a Ele. Você pode ser tão regular como o funcionamento do relógio na sua adoração, e ter uma cabeça cheia de conhecimento; mas se você perdeu o objetivo do culto, e não permitiu que ela produzisse resultados práticos, diários para melhor em sua vida, então o seu curso através da mecânica do culto é nada, mas uma fraude e abominação para Deus.
- Samuel, o profeta disse uma vez: "Tem, porventura, o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à voz do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, do que a gordura de carneiros" (1 Samuel 15:22).
- Querido, Deus está muito mais interessado na generosidade e a vitória sobre a ganância e a cobiça em sua vida do que Ele está em seu dinheiro.
- Ele não está tão interessado em seu canto, como Ele está nas respostas de humildade, o amor, encorajamento e outros valores tais que o canto deve promover em você.
- Ele não está tão preocupado com a mecânica da pregação, como Ele está na verdade que a pregação deve produzir em sua vida.
- Você pode ouvir um sermão sobre ganhar almas, mas esse sermão não produziu resultado em sua vida a menos que ele faça de você um ganhador de almas.
- Você pode ouvir uma música ou um sermão, ou uma oração, sobre mansidão, mas aquele sermão, música ou oração não lhe ajudou muito, a menos que lhe dê uma medida da vitória sobre o seu temperamento.
- O que estou dizendo é que você não adorou a menos que uma resposta adequada seja produzida em sua vida.
- Ouça a Jeremias, o profeta em Jeremias 7:21-24,
"Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei a carne. Pois não falei a vossos pais no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios. Mas isto lhes ordenei: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem. Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos; porém andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás, e não para diante"
- Irmão, algo está errado com o nosso entendimento, se não podemos ver a partir desta passagem que Deus está muito mais interessado em obediência do que nos mecanismos de holocaustos ou outra adoração.
C. Se a adoração não alcança o resultando de mudança para melhor em você, então você se torna um hipócrita, e Deus é desonrado por ela:
1. Jesus disse de Deus "e que amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios", Marcos 12:33. Em dois lugares, Mateus 9:13 e Mateus 12:7, Jesus disse: "Misericórdia quero, e não sacrifícios"

2. O salmista Davi escreveu: "Sacrifício e oferta não desejas; abriste-me os ouvidos; holocausto e oferta de expiação pelo pecado não reclamaste. Então disse eu: Eis aqui venho; no rolo do livro está escrito a meu respeito: Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração". Salmo 40:6-8.
- Essa mesma verdade é reajustada em Hebreus 10:6-8. Novamente, é óbvio que não é o resultado da adoração, nem a mecânica do culto, no qual Deus está mais interessado.
- Miquéias, o profeta disse em Miquéias 6:6-8: "Com que me apresentarei diante do Senhor, e me prostrarei perante o Deus excelso? Apresentar-me-ei diante dele com holocausto, com bezerros de um ano? Agradar-se-á o Senhor de milhares de carneiros, ou de miríades de ribeiros de azeite? Darei o meu primogênito pela minha transgressão, o fruto das minhas entranhas pelo pecado da minha alma? Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor requer de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benevolência, e andes humildemente com o teu Deus?"
- Querido irmão, não importa quão bela é a sua canção, quão fluente é sua oração, quanto dinheiro você coloca no gazofilaço, quão meticulosamente você observa a Ceia do Senhor, ou quão grande é o seu sermão, se você perdeu o objetivo de tudo, e não há resultado produzido na sua vida. O bezerro mais fino e o maior número de carneiros nunca agrada a Deus quando processado por pessoas que não conseguiram ver o objetivo de sua adoração a Deus.
- Querido, eu lhe digo mais uma vez, que Deus está muito mais interessado na justiça, no amor, no perdão, mansidão, temperança, e outras qualidades em sua vida, do que Ele está em todas as canções, orações, dinheiro e outras coisas que você poderia oferecer a Ele. Tudo que estes mecanismos de culto são projetados para fazer é apontar a piedade em sua vida diária.
- Ouça como Deus fala ao povo de Israel por meio de Oséias, o profeta em Oséias 6:4-6,
"Que te farei, ó Efraim? Que te farei, ó Judá? Porque o vosso amor é como a nuvem da manhã, e como o orvalho que cedo passa. Por isso os abati pelos profetas; pela palavra da minha boca os matei; e os meus juízos a teu respeito sairão como a luz. Pois misericórdia quero, e não sacrifícios; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos".

3. De todo a sua adoração, além do resultado, Deus disse pelo profeta Jeremias, em Jeremias 6:20: "Para que, pois, me vem o incenso de Sabá, ou a melhor cana aromática de terras remotas? Vossos holocaustos não são aceitáveis, nem me agradam os vossos sacrifícios"
- Davi disse de Deus em Salmo 51:16-17: "Pois tu não te comprazes em sacrifícios; se eu te oferecesse holocaustos, tu não te deleitarias. O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus"

4. Eu espero que você esteja começando a entender agora, por que nosso texto, de Isaias 1:11-20, é tão objetivo. Deus está falando ali, e perguntando porque trazer sacrifícios e holocaustos, se você deixa de praticar a justiça e juízo em sua vida. Ele está deixando o objetivo muito claro que se você não chegar ao objetivo da adoração, então o seu culto é vão. Se a adoração não produz nenhum resultado correto em sua vida, então, a adoração falhou. Espero que cada cristão ouça estas palavras e faça um inventário pessoal. É o cristianismo para você, apenas uma hora duas ou três por proposição de semana? Você simplesmente vai à igreja e recebe alguns minutos de mensagem emocional, e, em seguida, deixa o templo da igreja e esquece tudo? Deus me livre! Oxalá que, o que você ouviu tenha um efeito prático na sua vida diária. Como Tiago exorta em Tiago 1:22: "Sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos"

5. Tendo em conta os resultados que a adoração deve produzir em sua vida prática, não é de admirar que o sábio Salomão escreveu em Eclesiastes 5:1, "Guarda o teu pé, quando fores à casa de Deus; porque chegar-se para ouvir é melhor do que oferecer sacrifícios de tolos; pois não sabem que fazem mal"

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.