Header Ads

O jovem que fez o balanço da sua vida em um chiqueiro

O jovem que fez o balanço de sua vida em um chiqueiro
Texto: Lucas 15:11-24

Introdução
A. Momento de fazer balanço
1. É o momento em que o comerciante conta todos os seus bens.
2. É o momento em que é preciso encarar os fatos para ver se houve ganhos ou perdas.
B. O jovem que fez o balanço de sua vida em um chiqueiro
1. Quando ele contou tudo descobriu que havia sofrido uma grande perda.
2. Sua resolução: “Levantar-me-ei, irei ter com meu pai...” (v. 18).
C. O que havia causado tal perda e o que ele fez a respeito

I. Havia pensado só nos bens... em vez de pensar em Deus (vv. 11, 12)

1. Esta é talvez a mais terna das histórias que Jesus contou.
a. O pai, um homem bom e compassivo.
b. A grande dor que ocasionou ao pai.
2. Um dia, uma parte de tudo isto será meu.
a. Com certeza ele não havia pensado em Deus.
b. Foi ao pai para pedir-lhe a herança.
3. Ele achava aqueles bens vazios, mas agora eles pareciam importantes.
4. Ele não foi o único que achou as coisas vazias.
a. A busca de Salomão (Eclesiastes 1:12-2:11).
b. O jovem rico (Lucas 18:18-25).
5. Sua vida pode estar dizendo ao Pai Celestial:
a. “Quero minha parte dos bens”
b. “Deixarei inclusive a Bíblia se for necessário para obtê-los”

II. Pensou só na carne... em vez de pensar em seu futuro (vv. 13-16)

1. “Desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente” (v. 13).
2. Ele foi para um país distante, longe do seu pai.
3. Pensou que muitos de seus problemas seriam resolvidos se ele fosse para longe.
a. Como muitos hoje ... um novo ambiente.
b. Daniel 12:4: “muitos correrão de uma parte para outra”
4. O que pede a carne.
a. Efésios 23; 51-8.
b. O que pede a carne é sentimento.
5. Aqui temos as duas direções em que se movem os seres humanos.
a. Os que buscam satisfação nos bens.
b. Os que buscam satisfação em sentimentos, drogas, bebidas alcoólicas e outros prazeres.
6. O quadro triste no chiqueiro.

III. Encarou os fatos... em vez de fingir felicidade (v. 17)

1. “Caindo, porém, em si” (v. 17).
2. “Quantos empregados de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome” (v. 17).
3. Não ignorou a situação como poderia ter feito alguns:
a. “Tenho fome, mas talvez todo mundo tem”
b. “Estou cuidando de porcos, mas muitos também o fazem”
4. Alguns desculpam a miséria espiritual que estão vivendo pensando que os demais estão no mesmo barco.
5. Respondeu a verdade e isso mudou sua vida.

Conclusão

1. A grande resolução (vv. 18-24)
a. “Levantar-me-ei, irei ter com meu pai”
b. O pai o espera e lhe dá as boas-vindas.
2. O perdão espera a todos os que se aproximam de Deus por meio de Jesus Cristo
3. Volte para casa hoje

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.