Header Ads

Profecia contra os pastores de Israel

Profecia contra os pastores de Israel
Texto: Ezequiel 34:1-7

Introdução: Esta passagem contém uma profecia contra "os pastores de Israel". Eles não cumpriram o papel de conduzir as pessoas, tirando proveito delas e apenas buscando seus próprios interesses. No entanto, existem aplicações para todos nós. Devemos ajudar unas aos outros espiritualmente, não ferir ou prejudicar o outro.

Esta lição irá examinar a profecia contra os pastores de Israel e ver que aplicações podemos tirar.

Eles alimentavam si mesmos e não o rebanho. (v. 2-3)

  • A responsabilidade dos pastores é alimentar o rebanho - eles não conseguiram fazer isso; não só isso, como eles aproveitavam do rebanho por causa de seus próprios interesses
  • O povo de Deus precisa ser alimentado - este alimento vem da palavra de Deus (1 Timóteo 4:6; 1 Pedro 2:2); pastores e pregadores nos alimentam (1 Pedro 5:2; 2 Timóteo 4:2), como devem todos nós (Efésios 4:15, 25)
  • Precisamos colocar os outros antes de nós mesmos - atitude de desprendimento (Filipenses 2:3-5); não mostrar parcialidade a favor ou contra outros (Tiago 2:1-4, 8-10)

Eles ignoravam o doente, o fraco, os dispersos e os perdidos. (v. 4)

  • Aqueles que precisavam de ajuda, orientação e apoio não recebia isso dos pastores - a mesma condição existia no tempo de Jesus na terra (Mateus 9:36)
  • Ajudar aqueles que estão espiritualmente doentes - corrigir aqueles que estão em pecado (2 Timóteo 2:24-25)
  • Ajudar aqueles que estão quebrantados em espírito - dar incentivo (Hebreus 3:12-13; 1 Tessalonicenses 5:14)
  • Buscar aqueles que se desviaram - restaurá-los para o Senhor (Gálatas 6:1; Tiago 5:19-20)

Eles lideravam pela força. (v. 4)

  • Em vez de delicadamente conduzir as ovelhas, como o pastor deve fazer, eles lideravam pela força - palavra "rigor" vem de uma palavra que significa separar; a fraqueza do povo ajudava os pastores a manter seu poder e posição
  • Tudo o que fazemos deve ser feito com amor (1 Coríntios 16:14) - não usar a fraqueza ou a imaturidade espiritual dos outros a nossa vantagem
  • Não podemos forçar as pessoas a obedecer ao Senhor - todos têm o livre arbítrio (Deuteronômio 30:19; cf. Josué 24:15); podemos convencer as pessoas a fazer o que é certo (2 Coríntios 5:11; Atos 26:28-29), mas cabe a elas fazê-lo

Eles negligenciavam a unidade do povo. (v. 4-5)

  • Os pastores estavam lá, mas eles não estavam agindo como pastores ("por não haver pastor") - portanto, elas se espalharam; isso deixou-as vulneráveis a ataques do inimigo
  • Devemos valorizar a unidade entre o povo de Deus - é bom e agradável (Salmo 133:1); ser diligente para preservá-la (Efésios 4:3; Atos 4:32)
  • Nós somos vulneráveis quando estamos isolados - presas mais fáceis para o diabo (1 Pedro 5:8); há uma força nos números (Eclesiastes 4:9-12)
Conclusão
  • "Ouvi a palavra do Senhor" (v. 7) - é isso que todos nós precisamos fazer
  • Atender às advertências que são dadas na palavra de Deus
  • Obedecer Suas instruções - ensinar e encorajar outros a fazer o mesmo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.