"O verbo se fez carne". O verbo que se fez carne é Jesus; Ele veio à terra para viver entre os homens. Isso foi necessário para cumprir Sua missão através da Sua morte na cruz. Neste sermão, vamos dar uma ampla observada na vida de Jesus e ver o que podemos aprender e aplicar.
A Vida de Jesus
Texto: João 1:14

Introdução: "O verbo se fez carne". O verbo que se fez carne é Jesus; Ele veio à terra para viver entre os homens. Isso foi necessário para cumprir Sua missão através da Sua morte na cruz. Neste sermão, vamos dar uma ampla observada na vida de Jesus e ver o que podemos aprender e aplicar.

1. Seu Nascimento

A. A história de Seu nascimento (Lucas 2:1-7)
B. Anunciado por anjos, mensageiros de Deus (Atos 7:53) - antes de seu nascimento (Lucas 1:30-33) e depois de seu nascimento (Lucas 2:13-14)
C. Cumprimento da profecia - nascimento de uma virgem (Isaías 7:14; Lucas 1: 34-35), nascido em Belém (Miquéias 5:2; Lucas 2:4-7), e outros

2. Sua infância

A. Apenas um evento registrado (Lucas 2: 41-52) - lições importantes nele
B. Ele sabia de onde veio (Lucas 2:49) - mais do que apenas um filho de carpinteiro (Mateus 13:55); eles foram surpreendidos com o seu entendimento (Lucas 2:46-47), que veio de cima (João 7:14-16)
C. Ele ainda era Deus na carne - "Meu Pai" (Lucas 2:49) indica igualdade (João 5:17-18; Colossenses 2:9)
D. Ele se submeteu aos seus pais terrestres (Lucas 2:51) - exemplo para todos os filhos seguirem (Efésios 6:1-3)
E. Ele cresceu em diferentes áreas (Lucas 2:52) - sabedoria, estatura, graça para com Deus, favor dos homens

3. Ele cumpriu a vontade do Pai

A. O propósito de Jesus em vir à Terra era fazer a vontade do Pai (Hebreus 10:9) - o que inclui seu sacrifício na cruz (Hebreus 10:10; Filipenses 2:8)
B. Isso não quer dizer que alguma vez houve um conflito entre a vontade de Jesus e a vontade do Pai - eles estavam em perfeita concordância um com o outro (João 8:29; 10:30); o suposto exemplo de conflito não é verdadeiro (Mateus 26:39; Marcos 14:35); Jesus não estava orando para abortar a missão, mas para receber ajuda para completar a missão; Sua oração foi atendida (Lucas 22:43)
C. Jesus cumpriu perfeitamente a vontade do Pai (João 17:4) - cumpriu a Lei (Mateus 5:17); testemunhou da verdade (João 18:37); voluntariamente deu a Sua vida (João 10:17-18)

4. Ele nos deixou um exemplo perfeito

A. Jesus viveu uma vida sem pecado (1 Pedro 2:22) - exemplo para nós (1 Pedro 2:21); devemos viver como Ele viveu
B. Isso significa que é importante para Deus como vivemos nossas vidas - Jesus salvará aqueles que lhe obedecem (Hebreus 5: 9); Ele não quer que nós continuemos no pecado (1 João 2:1; João 5:14; 8:11)
C. Devemos nos esforçar para vencer o pecado em nossas vidas (Romanos 6:1-2, 6-7, 11-14)
D. Jesus nos mostrou como vencer a tentação (Mateus 4:1-11) - lembre-se da palavra (Mateus 4:4, 7, 10); lembre-se que a palavra de Deus significa o que Ele pretende (Mateus 4:6; Salmo 91:11-12); lembre-se das promessas de Deus (Mateus 4: 9; cf. Daniel 2:44); lembre-se da natureza temporária das coisas terrenas (Mateus 6:19; 2 Pedro 3:10)
E. Devemos viver de tal modo que possamos dizer que Cristo vive em nós (Gálatas 2:20)

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Axact

Esboço de Sermão

Vestibulum bibendum felis sit amet dolor auctor molestie. In dignissim eget nibh id dapibus. Fusce et suscipit orci. Aliquam sit amet urna lorem. Duis eu imperdiet nunc, non imperdiet libero.

Postar um comentário:

0 comments:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!