Header Ads

Discipulo: Uma vida diferente

Discipulo: Uma vida diferente
Texto: Mateus 7:13-27

Introdução: No Sermão do Monte, Jesus deu instruções para a vida de um discípulo. Em nosso texto, Ele descreveu a vida de um discípulo como uma vida diferente. Nossas vidas são cheias de escolhas que precisamos fazer. Estas escolhas refletem quem somos. Como discípulos de Jesus, devemos fazer escolhas de acordo com Sua vontade - isso invariavelmente nos faz diferentes. No final, estas escolhas se reduzem a decidir entre o que é certo e o que é errado. Temos de ser diferentes, escolhendo o que é certo e estando dispostos a ser diferente por causa do que é certo.

1. Dois caminhos (Mateus 7:13-14)

A. Caminho refere-se à direção que devemos ir e a maneira pela qual devemos andar
B. Caminho certo - deliberado (Josué 24:15), exigente (Lucas 9:23), definido (João 14:6), difícil (v. 14,).
C. Caminho errado - o que nós queremos fazer; as consequências podem ser difíceis (Provérbios 13:15), mas a escolha é fácil
D. Há apenas um caminho - através de Cristo (João 14:6)
E. Diferente, porque a maioria realmente não escolhe seguir a Cristo (João 8:31) - demasiado exigente (Lucas 9:23)
F. Devemos andar como Ele andou (1 Pedro 2:21-22; 1 João 1:7) - não da maneira que "parece certo" para nós (Provérbios 14:12)

2. Dois ensinamentos (Mateus 7:15)

A. Isso se refere aos ensinos que aceitamos com respeito as questões espirituais
B. Ensinamento correto - a palavra de Deus (João 17:17; 1 Pedro 4:11), no contexto (João 10:35; 2 Pedro 3:16), em sua totalidade (Atos 20:27)
C. Ensinamento errado - o que queremos ouvir (2 Timóteo 4:3-4)
D. Há apenas uma verdade - a Palavra de Deus (João 17:17)
E. Diferente porque a maioria rejeita toda ou parte dela - alguns só ouvem até certo ponto (Atos 22:2, 22)
F. Temos de "permanecer no ensino de Cristo" (2 João 9) - não ir além deste ou ficar aquém (Apocalipse 22:18-19)

3. Dois frutos (Mateus 7:16-20)

A. O fruto é o que é produzido a partir de nossas ações e ensino
B. Fruto correto - andar pelo Espírito (Gálatas 5:16, 22-23), a confiança em Deus (Isaías 55: 8-11), trabalho para Ele (Colossenses 1:10)
C. Fruto errado - procurar produzir frutos, independentemente se o trabalho é "bom" (Mateus 15:13; 23:15)
D. Há apenas uma maneira de produzir o fruto correto - seguindo o plano de Deus (Colossenses 1:10; 2 Timóteo 3:16-17)
E. Diferente porque a maioria acha que os fins justificam os meios - a autoridade da Bíblia é irrelevante para eles
F. Devemos confiar em Deus e não em nós mesmos (2 Coríntios 3:4-6, 12) - Ele dá o crescimento (1 Coríntios 3:6)

4. Duas obras (Mateus 7:21-23)

A. Estas obras são coisas que podemos fazer no serviço a Deus
B. Obras corretas - a vontade de Deus (João 7:16-17; 14:26; Mateus 28:20), o que está autorizado por Ele (Colossenses 3:17; 2 Timóteo 1:13)
C. Obras erradas - o que pensamos que vai honrar o Senhor; mas nós não pensamos como Ele (Salmo 50:21; Isaías 55:8-9)
D. Existe apenas um conjunto de obras que são perfeitas - as reveladas na Palavra de Deus (2 Timóteo 3:16-17)
E. Diferente, porque a maioria pensa que tudo o que fazemos "para o Senhor" é bom - mas devemos fazer o que Ele diz (Lucas 6:46)
F. Devemos fazer o que ele autorizou em Sua Palavra (Colossenses 3:17) - não presumir o que iria agradar a Deus (1 Coríntios 2:11-12)

5. Dois fundamentos (Mateus 7:24-27)

A. Estes fundamentos é onde construímos ou baseamos a nossa fé
B. Fundamento correto - ouvir as palavras de Jesus (Lucas 8:8), obedecê-Lo (Mateus 28:20; Hebreus 5:9)
C. Fundamento errado - ouvir, mas falhar em fazer o que Jesus disse (João 6:28, 63); enganando (Tiago 1:22)
D. Há apenas um fundamento sólido - Cristo e Sua Palavra (Efésios 2:20; Romanos 10:17)
E. Diferente porque muitos só seguem a Cristo quando é conveniente - não é o fundamento para as suas vidas, é mais como uma moda passageira (Provérbios 20:6)
F. Devemos fundamenta nossa vida em Cristo e fazer a Sua vontade - nosso trabalho não será em vão (1 Coríntios 15:58)

Conclusão

A. Quando Jesus terminou de falar, a multidão sabia que havia algo diferente nele (Mateus 7:28-29)
B. Ele ensinava como quem com autoridade - Ele é o Filho de Deus (Mateus 17: 5) e tem toda a autoridade (Mateus 28:18)
C. Se quisermos ser Seus discípulos, devemos segui-Lo em todas as coisas - as recompensas valem a pena.

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.