A vaidade dos nossos esforços sem Deus

A vaidade dos nossos esforços sem Deus
Texto: Salmo 127:1-2

Introdução: O Salmo 127 foi escrito por Salomão - rei de Israel e construtor do templo. Ele entendeu a necessidade de confiar em Deus. Neste sermão, vamos fazer algumas aplicações espirituais que Salomão menciona neste salmo.

1. A edificação da casa

A. A casa de Deus hoje é a igreja (1 Timóteo 3:15) - formada por cristãos (1 Pedro 2:5)
B. Se não queremos que os nossos esforços sejam em vão, temos de edificar a casa de Deus a maneira de Deus
C. Nós edificamos a casa de Deus à Sua maneira, seguindo o modelo apresentado em Sua Palavra (2 Timóteo 1:13) - Começa no Antigo Testamento (Êxodo 25:40) termina no Novo Testamento (Hebreus 8:6); tudo o que fazemos deve ser autorizado pela Palavra (Colossenses 3:17; Mateus 28:18-20)
D. Nós edificamos a casa (o crescimento da igreja) pela pregação do evangelho (Mateus 28:19) - este é o meio pelo qual o Senhor chama as pessoas a Ele (2 Tessalonicenses 2:14); devemos pregar o evangelho em sua totalidade (Atos 20:27) e nunca o alterar (Gálatas 1:6-9)
E. É inútil edificar de qualquer outra forma - mudar a mensagem, adicionar "ministérios", a realização de eventos sociais, etc.
F. Muitos fazem isso - mas qualquer fruto (crescimento) não tem sentido; se não converte as pessoas a Cristo (Mateus 23:15)

2. Guardando a Cidade

A. A cidade que está sendo vigiada hoje é a igreja local - sob o cargo dos vigias (Atos 20:28)
B. Se a igreja não está protegida contra os ataques, alguns ou todos os discípulos podem ser desencaminhados
C. O trabalho dos pastores é vigiar o rebanho (Atos 20:28; 1 ​​Pedro 5:2) - a supervisão espiritual (Hebreus 13:17); necessário por causa das ameaças de fora da igreja e dentro da igreja (Atos 20: 29-30); é possível aqueles que outrora representavam a verdade caírem e o trabalho anterior para eles ser em vão (Gálatas 4:11)
D. A cidade é vigiada (igreja é protegida) através da palavra de Deus (Tito 1:9-11) - é por isso que Paulo encomendou os anciãos de Éfeso para a palavra de Deus (Atos 20:32); a igreja deve ser a coluna e firmeza da verdade (1 Timóteo 3:15); o rebanho deve ser alimentado (1 Pedro 5:2)
E. É inútil proteger de qualquer outra forma – ignorar o erro, comprometer a verdade, estar em conformidade com o mundo, etc.
F. Muitos fazem isso - mas eles já abandonaram o Senhor; não protegem contra o pecado / erro

3. O fruto do nosso trabalho

A. Como fazemos uma aplicação espiritual, isto é, sobre o trabalho que fazemos para o Senhor
B. Se não estão trabalhando da maneira que Deus quer, os nossos esforços serão em vão
C. Esta passagem certamente não desencoraja o trabalho - devemos ser “zelosos de boas obras" (Tito 2:14) e "[produzir] fruto em toda boa obra" (Colossenses 1:10); mas não cabe a nós definir o que são; as boas obras estão definidas na Palavra de Deus (2 Timóteo 3:16-17)
D. Quando fazemos a obra de Deus a Sua maneira, ele dá o crescimento (1 Coríntios 3:6) - não cabe a nós produzir resultados (1 Coríntios 1:17), devemos simplesmente plantar a semente (Lucas 8:5-8, 11); o fruto nem sempre é visto por aquele que começou o trabalho (João 4:37-38)
E. É em vão trabalhar para o Senhor sem fazer o que Ele nos instruiu a fazer (Mateus 7:22-23)
F. Muitos fazem isso - eles podem estar trabalhando sincera e diligentemente, mas não estão trabalhando da maneira que Deus quer.

Conclusão

A. Não importa o quanto de esforço colocamos em alguma coisa - se não fizermos as coisas da maneira de Deus, é em vão
B. Precisamos nos contentar em fazer as coisas à maneira de Deus - trabalhar de forma diligente e colocar a nossa confiança em Deus e Seu plano.

0 Comentários em "A vaidade dos nossos esforços sem Deus"

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!