Header Ads

Uma vida justa

Uma vida justa
Texto: Mateus 7:1-12

Introdução: No Sermão do Monte, Jesus deu instruções para a vida de um discípulo. Em nosso texto, Ele descreveu a vida de um discípulo como uma vida justa. A palavra significa ser justo. Mas, como veremos, isso não significa que nós tratamos todos do mesmo. Isso pode parecer surpreendente para alguns, mas vamos examinar a passagem para ver o que Jesus queria dizer.

1. Não julgar hipocritamente (Mateus 7:1-5)

A. É importante notar que Jesus não disse que não devemos julgar - muitos afirmam isso; mas Jesus disse em outro lugar, devemos "julgar com julgamento justo" (João 7:24)
B. Advertência - Se nós julgamos os outros injustamente, Deus nos responsabilizará por isso (Mateus 7:1-2; 6:14-15)
C. É importante que entendamos o cenário que Jesus deu (Mateus 7:3-5) – trave ou cisco, significa que o nosso irmão tem um problema, mas nós temos um problema maior; nós não podemos ajudar nosso irmão, uma vez que a trave está em nosso próprio olho; é preciso primeiro resolver nossos próprios defeitos, então nós podemos (e devemos) ajudar o nosso irmão efetivamente
D. Aplicando isso para nós mesmos - em primeiro lugar examinar a nós mesmos (2 Coríntios 13:5); não se contentar em pecado (Romanos 12:9); então podemos ajudar os outros a corrigir os seus pecados (Gálatas 6:1-2); não ignorar seus pecados, quando poderíamos ajudar (Judas 23); também devemos ter certeza de que estamos usando o padrão correto de "julgamento" (João 7:24)

2. Não dê o que é santo aos cães (Mateus 7:6)

A. Precisamos entender o significado desse provérbio antes que possamos aplicá-lo - cães e porcos eram ambos vistos de forma negativa; símbolo para as pessoas que pisam sobre a verdade e violentamente atacam aqueles que ensinam; o que é "santo" é o ensino, correção e ajuda que podemos dar aos outros (Mateus 7:5)
B. Aplicando o provérbio de Jesus - não podemos tratar todos da mesma maneira, mas devemos usar o bom julgamento para sermos justos; nem todo mundo vai responder positivamente a nossa ajuda (Gálatas 4:16); pode chegar um momento quando teremos de sacudir o pó dos nossos pés e seguir em frente (Mateus 10:14); Se não fizermos isso, privamos outros (que poderiam ser receptivos) da ajuda que nós poderíamos fornecer; temos responsabilidades e prioridades que Deus nos deu (Mateus 15:26) e não podemos negligenciar estes.

3. Deus mostra bondade para conosco (Mateus 7:7-11)

A. Ao tratar os outros com justiça, também devemos fazê-lo com misericórdia - por causa de como Deus nos trata (Mateus 6:14-15)
B. Podemos pedir, buscar e bater e vamos receber, encontrar, e será aberto para nós (Mateus 7:7-8) - não significa que Deus nos dará tudo o que queremos, mas Ele prove o que precisamos (Mateus 6:8, 32-33)
C. Jesus cita os cuidados de um pai ao seu filho como prova de que podemos confiar em Deus (Mateus 7:10-11) - se os filhos podem confiar em seus pais, quanto mais podemos nós confiar em Deus; Ele é perfeito (Mateus 5:48)
D. Esta passagem é muitas vezes usada em referência à oração – a aplicação pode ser feita, mas isso vai além disso
E. No contexto, Jesus está falando sobre o caminho para o reino, a vida eterna (Mateus 6:33; 7:13-14) - Seu ponto é que o caminho da salvação está disponível para todos (João 3:16; Marcos 16:15 -16); mas deve-se pedir (Atos 02:37), procurar (Atos 17:11), e bater (1 Pedro 3:21) para entrar.

4. Praticar a "Regra de Ouro" (Mateus 7:12)

A. Este verso é comumente referido como a "regra de ouro" - fazer aos outros o que gostaria que fizessem a você; ninguém gosta de ser tratado de forma injusta; coloque-se no lugar deles
B. Colocar os outros em primeiro lugar (Filipenses 2:3-4) - assim como Cristo fez por nós (Filipenses 2:5)
C. Mas se não tratarmos os outros dessa maneira, não devemos esperar que Ele nos salve (Mateus 7:1-2; Romanos 1:31-32)

Conclusão

A. Devemos viver uma vida justa como um discípulo - tratar os outros de acordo com o padrão do Senhor
B. Não vá além disso - Isso afeta os outros e também afeta a nossa posição diante de Deus

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.