Header Ads

O Evangelho da Unidade

O Evangelho da Unidade
Texto: Gálatas 2:1-21

Introdução: No primeiro sermão observamos o evangelho de Jesus Cristo no livro de Gálatas. Esta é a segunda de seis lições que examinam o evangelho no livro de Gálatas. Este sermão focalizará o evangelho como uma mensagem de unidade.

1. O anúncio

A. Há liberdade em Cristo (Gálatas 2:4) - Paulo mencionou a liberdade que temos em Cristo (2 Coríntios 3:17); Não significa que somos livres para viver como quisermos (Romanos 6:1-2, Judas 4); significa que temos liberdade do pecado (Romanos 6:6-7) e dos preceitos e doutrinas dos homens (Colossenses 2:20-23)
B. O evangelho é para os judeus e gentios (Gálatas 2:9) - para todos, independentemente de sua linhagem (Gálatas 5:6; 6:15); todos são um em Cristo (Gálatas 3:28-29); Deus acolhe todos (Atos 10:34-35) e vê todos como iguais
C. Somos justificados pela fé em Cristo (Gálatas 2:16) - Deus declara que somos justos; não pelas obras da Lei de Moisés (Gálatas 2:15-16); "A lei nada fez de perfeito" (Hebreus 7:19) porque apontou para Cristo (Gálatas 3:24); somos justificados pela fé através da nossa obediência ao evangelho (Romanos 1:16-17, Tiago 2:24)

2. A instrução

A. A mensagem é a mesma para todos (Gálatas 2:7) - por isso devemos ensinar uma mensagem consistente (1 Coríntios 4:17); Jesus comissionou Seus apóstolos para pregar o evangelho a todo o mundo (Marcos 16:15, Atos 1:8); a mensagem não pode ser alterada para se ajustar ao público, o público deve ser transformado / convertido (Atos 17:30)
B. Porque não somos justificados pelas obras da lei (Gálatas 2:16-21) - ninguém podia guardar a lei perfeitamente (Atos 15:10) e os sacrifícios não podiam tirar o pecado (Hebreus 10:1-4); se pudéssemos ser justificados pelas obras da lei, poderíamos ganhar a nossa salvação (Efésios 2:8-9); mas todos pecaram (Romanos 3:23) e precisam do sacrifício de Cristo (Romanos 5:6, 8)
C. Devemos ser crucificados com Cristo (Gálatas 2:20) - Jesus sacrificou Sua vida por nós, por isso devemos sacrificar nossas vidas por Ele (Romanos 12:1); conforme a Sua morte, sepultamento e ressurreição (Romanos 6:3-4); depois, devemos viver como Ele viveu (Romanos 6:4, 11, 18; 1 Pedro 2:21-22)

3. O aviso

A. Não ceda aos falsos mestres (Gálatas 2:4-5) - eles vieram espiar nossa liberdade em Cristo [ver ponto anterior]; os falsos mestres podem afastar os cristãos da "verdade do evangelho" (Gálatas 1:6-7); não pode ser tolerado (Romanos 16:17-18, 2 João 9-11)
B. Não temas o que certos irmãos pensam (Gálatas 2:11-14) - Cefas / Pedro é um exemplo disto; Barnabé é um exemplo de alguém que se recusou a se opor ao pecado quando deveria (ver Efésios 5:11); Paulo resistiu publicamente a Pedro porque devemos ser "íntegros sobre a verdade do evangelho" (Gálatas 1:10)
C. Não anule a graça de Deus (Gálatas 2:21) - lembre-se de que o evangelho é uma mensagem de graça (Gálatas 1:6); se podemos "ganhar" a salvação, a graça é desnecessária; isto incluiu o sacrifício de Jesus (cf. Hebreus 10:29); devemos sempre lembrar o fato de que a salvação é um dom (Romanos 6:23); não temos esperança sem a graça de Deus (Efésios 2:1-5, 12)

Conclusão

A. O evangelho é uma mensagem de unidade – portanto devemos estar unidos em Cristo, não separados dEle
B. Seja crucificado com Cristo e obedeça a Sua palavra em todas as coisas - não siga após outra mensagem

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

Tecnologia do Blogger.