Este sermão considera o que a Bíblia diz sobre a lei Deus sobre o casamento.
A Lei de Deus sobre o casamento
Texto: Marcos 10:2-12

Introdução: Hoje há muita confusão e controvérsia sobre o casamento. Muitos acreditam que podem se casar com quem quiserem, definir casamento como quiserem e terminá-lo sempre que quiserem. Deus instituiu o casamento; portanto, Suas leis definem e regulam o casamento.

Este sermão considera o que a Bíblia diz sobre a lei Deus sobre o casamento.

1. A origem do casamento

A. O casamento é de Deus (Marcos 10:6-9) - Deus é quem une um casal em casamento
B. Estabelecido no princípio (Marcos 10:6, Gênesis 2:24) - a mulher foi feita especialmente para o homem (Gênesis 2:18, 21-22)
C. Precede o governo civil - primeira cidade e reino veio mais tarde (Gênesis 4:17; 10:8-10); o casamento não é dependente do governo ou definido pelo governo
D. Precede a sociedade – o casamento começou no Jardim do Éden com apenas duas pessoas (Gênesis 2:15-25); o casamento não é definido pela cultura
E. Precede a Lei de Moisés - Os fariseus tentaram citar uma "exceção" na Lei de Moisés (Marcos 10:4; Deuteronômio 24:1-4); Jesus foi ao princípio (Gênesis 2:24), antes da lei; a lei foi dada aos judeus (Romanos 9:4), mas o casamento é para todos os homens
F. Precede a igreja - a igreja não foi estabelecida até o dia de Pentecostes (Atos 2); o casamento não é uma "ordenança da igreja"

2. A elegibilidade para o casamento

A. Homem e mulher (Marcos 10:6-8) - um homem e uma mulher; não "casamento" do mesmo sexo ou poligamia
B. Deus "os fez homem e mulher" (Marcos 10:6) – a maior atenção e aceitação hoje de indivíduos "transgêneros"; ao contrário do que Deus fez
C. Nem todo casal de homem e mulher é elegível para casar sob a lei de Deus - elegibilidade para aqueles que nunca foram casados ​​(Marcos 10:7), aquele cujo cônjuge morreu (Romanos 7:2-3), e aqueles que se separara do seu cônjuge por conta da fornicação (Mateus 19:9)
D. Os que se casam, mas não são elegíveis para casar, cometem adultério (Mateus 19:9, Romanos 7:3) - chamado de adultério porque o "vínculo matrimonial" ainda está intacto, apesar da separação física

3. O processo para entrar no casamento

A. Intenção de iniciar um novo lar (Marcos 10:7)
B. Votos / aliança (Malaquias 2:14) - promessas e compromissos feitos uns aos outros
C. Consumação do casamento (Marcos 10:8)
D. Deus une o casal em casamento (Marcos 10:9) - "vínculo matrimonial"; se um casal não é elegível para se casar, Deus não os "une" (Marcos 6:17-18)

4. Final de um casamento

A. Caminho natural - morte (Romanos 7:2-3)
B. Exceção autorizada – separar-se do companheiro por fornicação (Mateus 19:9); autorizado, mas não obrigatório; muito a ser dito para a reconciliação quando possível
C. O divórcio por outras causas é pecaminoso (Marcos 10:9) - qualquer casamento subsequente é adultério (Marcos 10:11-12)

Conclusão

A. O casamento é uma bênção de Deus (Provérbios 18:22) - mas devemos respeitar suas leis para o casamento (Hebreus 13:4)
B. Como a nossa sociedade continua a atacar o casamento, vamos estar prontos para defender a verdade

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Axact

Esboço de Sermão

Vestibulum bibendum felis sit amet dolor auctor molestie. In dignissim eget nibh id dapibus. Fusce et suscipit orci. Aliquam sit amet urna lorem. Duis eu imperdiet nunc, non imperdiet libero.

Postar um comentário:

0 comments:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!