Header Ads

Através de muitas tribulações - Parte 2: dificuldades

Através de muitas tribulações - Parte 2: dificuldades
Texto: Atos 14:22

Introdução: Paulo e Barnabé encorajaram os irmãos a permanecerem fiéis ao Senhor "através de muitas tribulações" para que eles pudessem alcançar a recompensa final do céu. Os tipos de tribulações que podemos enfrentar podem ser únicos para os cristãos ou comuns a todas as pessoas. Qualquer uma dessas tribulações poderia potencialmente descarrilar nossa fé e nos fazer perder a recompensa. Este sermão focalizará o exemplo de Jacó e como ele suportou as dificuldades que enfrentou.

1. As dificuldades sofridas por Jacó

A. Deus escolheu Jacó e não Esaú para proeminência e bênção como parte da promessa (Romanos 9:6-12)
a. Deus prometeu estar com ele e abençoá-lo (Gênesis 28:10-15); ainda assim ele enfrentou muitas dificuldades
B. Jacó lidou com problemas familiares
a. Irmão (Gênesis 27:1-41)
b. Sogro (Gênesis 29:18-25; 31:7)
c. Filhos ímpios (Gênesis 35:22; 34: 25-30; 37: 26-28)
C. Jacó lidou com problemas de casamento
a. Disputa entre Léia e Raquel (Gênesis 30:1-2, 14-16)
b. Uma esposa idólatra (Gênesis 31:19; 35:2-4)
D. Jacó lidou com uma crise econômica
a. Fome que o forçou a deixar sua casa (Gênesis 46:5-7)

2. A dificuldade dos problemas familiares

A. Toda família terá problemas porque toda família é composta de pessoas falíveis (Romanos 3:23)
a. É difícil quando as relações familiares são caracterizadas pelo ódio ao invés do amor (Provérbios 15:17)
B. Por que os problemas familiares são um desafio à nossa fé?
a. Distração do que precisamos estar focalizando (Provérbios 17:25 e Lucas 21:34)
b. A família é a maior influência sobre nós e que pode ser uma influência para o pecado (1 Coríntios 15:33)
C. Como suportar problemas familiares e permanecer fiel?
a. Mantenha suas prioridades em ordem (Provérbios 15:17 e Mateus 6:33)
b. Às vezes podemos precisar estabelecer limites (Mateus 10:37)

3. A dificuldade dos problemas no casamento

A. Nenhum casamento é perfeito (pessoas imperfeitas), mas alguns certamente têm mais problemas do que outros
a. O casamento é uma grande bênção se ambos os cônjuges devem se esforçar para seguir a vontade de Deus no casamento (Provérbios 12:4)
B. Por que os problemas conjugais são um desafio à nossa fé?
a. O propósito do casamento é ajudar um ao outro (Gênesis 2:18, Provérbios 31:12, 1 Timóteo 5:8, Efésios 5:25);
b. Produz amargura (Provérbios 21: 9, 19) e leva ao pecado (Hebreus 12:15)
c. Devemos nos concentrar em nosso cônjuge (1 Coríntios 7: 33-34) e quando há problemas, isso nos distrai das coisas espirituais
C. Como suportar problemas no casamento e permanecer fiel?
a. Estar comprometido um com o outro (Mateus 19: 6; Malaquias 2:14)
b. Trabalhar com paciência os problemas (1 Coríntios 13: 4, 2 Timóteo 2:24)
c. Colocar o Senhor em primeiro lugar (Mateus 6:33; 22:36-37), pois isso afetará o modo como nós tratamos uns aos outros (1 João 4:19-21)

4. A dificuldade da crise econômica

A. As riquezas são incertas (1 Timóteo 6:17)
a. A economia passa por ciclos
b. As dificuldades econômicas podem nos afetar diretamente (perda de emprego) ou indiretamente (inflação / escassez)
B. Por que os problemas econômicos são um desafio à nossa fé?
a. Se preocupar com coisas materiais pode sufocar a palavra (Lucas 8:14)
b. Pode nos forçar a fazer coisas que não queremos fazer (trabalhar um segundo emprego, cortar despesas, mudar, etc.)
c. O que pode levar ao ressentimento e a amargura (Hebreus 12:15)
C. Como suportar problemas econômicos e permanecer fiel?
a. Sendo um bom mordomo (Provérbios 27:23-24)
b. Isso necessariamente inclui gratidão pelas bênçãos de Deus (1 Tessalonicenses 5:18)
c. Lembre-se que esta vida e as circunstâncias nela são temporárias (1 João 2:17)

Conclusão

A. Jacó viveu 147 anos (Gênesis 47:28) - aos 130 anos, disse que seus anos eram "poucos e desagradáveis" (Gênesis 47:7-9)
B. Nós enfrentaremos problemas nesta vida - não podemos permitir que eles nos distraiam de nosso serviço a Deus
C. A vida é curta - não permita que os problemas temporários o impeçam de alcançar a recompensa eterna.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!