Série: Comunhão - Características da Comunhão - Parte 3

Série: Comunhão - Características da Comunhão - Parte 3
Texto: I João 3

Introdução: Consideramos as características da verdadeira comunhão nas últimas semanas. Examinamos essas características em relação à nossa perspectiva, em relação à nossa posição, e esta noite queremos olhar para elas em relação às nossas orações.

João nos dá três coisas que o crente possui em relação à oração quando estão em verdadeira comunhão.

I. O crente tem segurança. V. 19-20

A. "Nisto conheceremos..." v. 19ª
1. Isso nos remete para os versículos anteriores que já estudamos.
2. Sabemos que Deus nos ama porque "Cristo deu a sua vida por nós". V. 16
3. Sabemos que somos da verdade se sabemos que amamos os irmãos; em ação e não apenas em palavras. V. 14
B. Nós "... diante dele tranquilizaremos o nosso coração". V. 19b
1. Se somos da verdade, então somos verdadeiramente dele.
2. Nós conhecemos em nossos corações e temos a certeza de que somos salvos!
C. "porque se o coração nos condena..." v. 20
1. Nossos corações (consciências) nos condenarão porque sabemos que nem sempre amamos os irmãos como deveríamos.
2. João nos afasta dos sentimentos e direciona ao nosso Deus que conhece todas as coisas.
3. Graças a Deus, nossa salvação e segurança não se baseiam nos sentimentos de nossos corações, mas em nosso grande e poderoso Deus.

II. O crente tem confiança. V. 21-22

A. Nossa confiança vem de um coração seguro.
B. Nossa confiança é direcionada a Deus em oração.
1. Se houver pecado no meu coração, não posso orar com confiança.
2. O Espírito Santo me faz lembrar desse pecado e me convence de que eu posso confessá-lo e voltar para a comunhão com o Pai.
3. Quando um cristão está fora da comunhão com um dos irmãos, então ele não pode orar com confiança.
4. Isto também é verdade para o lar do crente. 1 Pedro 3:1: "Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres”
C. Nossas orações serão respondidas: v. 22
1. Porque guardamos os Seus mandamentos;
2. Porque fazemos as coisas que lhe agradam.

III. O crente tem uma testemunha. V. 23-24

A. Mandamento em duas partes do Pai.
1. Que creiamos no nome de Seu Filho, Jesus Cristo.
2. Que nos amemos uns aos outros.
B. Como resultado, temos uma testemunha.
1. Permanecemos em Cristo, e Ele habita em nós
2. Sabemos que Ele habita em nós por causa do testemunho do Espírito.

Conclusão: Quando estamos em estreita comunhão com DEUS, devemos ter algumas características visivelmente diferentes em nossa vida.

0 Comentários em "Série: Comunhão - Características da Comunhão - Parte 3"

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!