Quando o homem faz o que é certo aos seus próprios olhos

Quando o homem faz o que é certo aos seus próprios olhos
Texto: Juízes 17:1-6

Introdução: O livro dos juízes cobre o período entre a conquista da terra de Canaã sob Josué até o tempo dos reis. Foi um tempo de iniquidade, opressão e anarquia (Juízes 2:11-15; 21:25).

No final do livro, somos apresentados a um homem chamado Mica. Este relato é uma ilustração do que acontece quando "cada qual faz o que parece bem aos seus próprios olhos (Juízes 17:6).

1. As relações familiares não significam nada

A. A primeira coisa registrada que este homem fez foi roubar de sua mãe (Juízes 17:2)
B. Este foi um fracasso em obedecer ao mandamento de honrar o pai e a mãe (Êxodo 20:12)
C. Quando fazemos o que é certo em nossos próprios olhos, os relacionamentos familiares não serão importantes para nós - não honraremos os pais (Efésios 6:1-2); não ensinaremos / disciplinaremos as crianças (Efésios 6: 4); não nos sacrificaremos por nossa esposa (Efésios 5:22, 25)
D. Precisamos fazer o que é certo aos olhos de Deus - cumprir as responsabilidades familiares como Deus instruiu

2. O direito civil não significa nada

A. No primeiro ato que vemos no registro de Mica, ele roubou de sua mãe (Juízes 17:2) - tomou o que não lhe pertencia - Desrespeito para com dos direitos de propriedade de outros
B. Este foi um fracasso em obedecer ao mandamento de não roubar (Êxodo 20:15) - esta era uma lei civil (além de ser uma lei moral)
C. Quando fazemos o que é certo aos nossos próprios olhos, a lei civil não será importante para nós - não nos submeteremos às autoridades (1 Pedro 2:13); Também não desobedecemos quando necessário pela causa de Deus (Atos 5:29)
D. Precisamos fazer o que é certo aos olhos de Deus – Nos submeter aos governantes conforme Ele espera / nos permite

3. A lei de Deus não significa nada

A. O dinheiro que ele devolveu foi dedicado ao Senhor (Juízes 17:3) - ela levou alguns para um ourives (Juízes 17:4); fez ídolos e um éfode e fez um de seus filhos sacerdote (Juízes 17:5)
B. Esta foi uma falha em obedecer ao mandamento para não ter imagens esculpidas (Êxodo 20:4) e as instruções que os sacerdotes deveriam vir da tribo de Levi (Números 3:5-9)
C. Quando fazemos o que é certo aos nossos próprios olhos, a lei de Deus não será importante para nós - não respeitaremos a Sua autoridade (Mateus 28:18; Colossenses 3:17); Não obedeceremos (Mateus 28:20); Não seguiremos o padrão em Sua palavra (2 Timóteo 1:13)
D. Precisamos fazer o que é certo aos olhos de Deus - submeter-se à Sua vontade que foi revelada em Sua Palavra

4. A lealdade não significa nada

A. Mica contratou um levita para ser seu próprio sacerdote pessoal (Juízes 17:7-12) – A tribo certa, mas a posição errada (casa); mais tarde, o levita foi convencido a abandonar seu acordo com Mica pelos filhos de Dã (Juízes 18:17-20)
B. Isso não foi por arrependimento, mas o fracasso em cumprir o compromisso que ele fez com Mica (Provérbios 20:6)
C. Quando fazemos o que é certo aos nossos próprios olhos, nossos compromissos com os outros não serão importantes para nós - no local de trabalho (Colossenses 3:22-23); Na igreja local (Hebreus 10:25); Para com aqueles que nos rodeiam (Mateus 5:33-37)
D. Precisamos fazer o que é certo aos olhos de Deus - devemos ser conhecidos por ser confiáveis ​​e fieis

5. Você não significa nada

A. Mica confrontou os filhos de Dan por terem levado seus ídolos e o levita (Juízes 18:21-24) - eles não mostraram nenhum respeito para com ele e não havia nada que pudesse fazer para detê-los (Juízes 18:25-26)
B. Este foi um fracasso dos filhos de Dã em amar os outros e respeitá-los (Levítico 19:18, Provérbios 22:2)
C. Quando fazemos o que é certo em nossos próprios olhos, nossa existência torna-se inútil - pode parecer liberdade (Eclesiastes 2:10), mas é tudo vaidade (Eclesiastes 2:11); Não somos nada sem Deus
D. Precisamos fazer o que é certo aos olhos de Deus - Ele nos tornou inerentemente valiosos; Devemos cumprir o nosso propósito (Eclesiastes 12:13)

Conclusão

A. A ideia de que podemos fazer o que quisermos é atraente, mas só termina em problemas - Mica desconsiderou a família, o direito e os mandamentos de Deus para fazer o que queria; sem sucesso no final
B. Nós vivemos em um momento em que "todo homem [faz] o que é certo aos seus próprios olhos" - é atraente para muitos; mas não é fracasso no final
C. O caminho que nos "parece certo" é o "caminho da morte" (Provérbios 14:12)

0 Comentários em "Quando o homem faz o que é certo aos seus próprios olhos"

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!